Cultura

Filme ‘1798: Revolta dos Búzios’ é exibido em várias cidades baianas

A Escola Cultural Luiz Viana, situada no bairro de Brotas, em Salvador, sedia o lançamento do Circuito Luiz Orlando de Exibição nesta quarta-feira (28), às 19h, com a exibição do longa-metragem 1798: Revolta dos Búzios, do diretor Antonio Olavo, que conta a história do levante dos negros baianos que marcou importante episódio de luta pela independência e pelo fim da escravidão.

A ação de lançamento será restrita a convidados e é coordenada pela Diretoria de Audiovisual (Dimas), acontecendo no âmbito do Novembro das Artes Negras, evento da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), órgão da Secretaria de Cultura (Secult).

Homenageando o ativista e cineclubista negro Luiz Orlando, o circuito se constitui como uma política de acesso ao cinema através da constituição de pontos gratuitos voltados para exibição de obras brasileiras, em especial, baianas. Inicialmente, o projeto acontecerá nas 85 Escolas Culturais do Estado.

A ação coordenada pela Diretoria de Audiovisual da Funceb (Dimas) pretende difundir a produção baiana no segmento, ampliar o acesso e estimular reflexões e diálogos em torno de temas relevantes da agenda contemporânea a partir da perspectiva audiovisual.

Outras praças

O filme também já foi exibido em outras praças, tanto na capital quanto no interior do Estado. Na semana passada, o diretor Antônio Olavo esteve em Jequié, onde exibiu o longa para estudantes e professores da UESB (Universidade Estadual do Sudoesta da Bahia). Na última sexta-feira (23), Olavo esteve em Camaçari, onde exibiu o filme na Praça de Abrantes.

Segundo o diretor, o documentário já teve cerca de 15 exibições e tem vários convites pela frente. “Estamos fazendo essas exibições e temos muitos convites pela frente. Infelizmente não poderemos atender a todos, mas dentro do possível vamos acertando. Isso é muito importante. E eu não destacaria apenas o reconhecimento pelo nosso trabalho, mas muito mais pelo interesse que as pessoas vêm tendo pelo tema, por quererem tomar conhecimento de um fato que marcou a nossa história”, destacou o cineasta.

1798: Revolta dos Búzios foi lançado no dia 13 de agosto deste ano, na Sala Walter da Silva, nos Barris. Exibido em duas sessões lotadas, a primeira às 18h30 e a segunda às 20h. O filme com 72 min. de duração preencheu todas as expectativas do publico que compareceu. (Da redação, com informações do jornal A Tarde).

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: