Política

Pé de Serra: Agenário é reeleito presidente da Câmara após ausência e empate numérico

O vereador Agenário Carneiro (DEM), foi reeleito presidente da Câmara de Vereadores do município de Pé de Serra, em sessão realizada nesta sexta-feira (14), depois de muitas discussões entre as bases governistas e oposicionistas durante todo o dia.

Na última sessão de 2018 na cidade de Pé de Serra, quem compareceu não comentava em outro assunto, a não ser quem seria o próximo presidente da Casa da Cidadania para conduzir os trabalhos para os próximos dois anos, 2019 e 2020 respectivamente.

A situação contava com três nomes: Júnior de Edilson, Edvan Matos Soares (Edvan do Serrote) e o atual presidente Agenário Carneiro, que acabou sendo reeleito depois de uma longa conversa entre os pares, sendo o ex-vereador Esmeraldo Rios, atual secretário de Agricultura do município, um dos responsáveis direto para conciliar o processo de escolha e protocolar os nomes dos representantes da chapa da situação, sem que houvesse descontentamento com outros nomes que pleiteavam a disputa.

Aliás, o vereador Edvan do Serrote foi bastante assediado também pelos colegas de oposição, que aceitariam elegê-lo caso ele estivesse disposto a aceitar algumas condições que estão relacionadas principalmente às eleições municipais de 2020.

Ausência de vereador e idade de Agenário foram decisivas

Sem êxito nas tentativas de fechar a chapa com a participação de Edvan do Serrote, a oposição tratou logo em apresentar os nomes da vereadora Joana Angélica para concorrer a presidenta, Edson Sacramento (Toco da Ciência), vice-presidente, Gilvanio Figueiredo (Gil de Santo Agostinho), primeiro secretário, e Antônio de Pedro, segundo secretário. O vereador Júnior de Edilson, que ficou insatisfeito como estava acontecendo as discussões, acabou se ausentando da votação.

A desistência de Júnior de Edilson colaborou com a reeleição de Agenário Carneiro, que estaria praticamente fora da disputa pra tentar conciliar o processo sem desavenças, uma vez que havia dois colegas interessados em disputar a presidência: O próprio Júnior de Edilson e Edvan do Serrote. Por ser mais velho, Agenário foi o escolhido porque a oposição ganharia a presidência se a disputa fosse entre Joana Angélica x Edvan do Serrote.

Nova mesa

Apesar do desgaste, depois muitas horas de conversas até se chegar ao consenso, tudo ocorreu dentro da normalidade. Claro que cada bancada tentou de todas as formas possíveis articular de acordo o que fosse melhor para seus respectivos grupos políticos. No final, prevaleceu a democracia e o respeito ao resultado. Agora, a Câmara entra em recesso e só retorna aos trabalhos em 2019.

A Nova Mesa Diretiva da Câmara de Vereadores de Pé de Serra ficou assim: Agenário Carneiro (presidente), Edvan Matos Soares (Edvan do Serrote) vice-presidente, Antônio Lisboa (Antônio de Alexandre), primeiro secretário e Pedro Carneiro (Leque de Aroeira) segundo secretário. Lembrando que houve empate em 4×4, entre os candidatos a presidência, vice-presidente e primeiro secretário. Para o segundo secretário, Pedro Carneiro (Leque de Aroeira), obteve 07 votos enquanto Antônio de Pedro apenas 01. Talvez nem o dele, na verdade ele participou da disputa mas consciente que não seria fácil vencer. (Colaboração de Noroel Fernandez).

 

To Top
%d blogueiros gostam disto: