Polícia

Médico que trabalhou em Riachão é encontrado morto em casa de praia na grande Aracaju, Sergipe

O médico Iremar de Mecenas Silva, 58 anos, foi encontrado morto dentro da própria casa, na manhã da última sexta-feira (20), na Praia da Costa, localizada em Barra dos Coqueiros, na Região Metropolitana de Aracaju, Sergipe. As informações iniciais apontam possível latrocínio, mas a suspeita ainda não foi confirmada pela Polícia Civil.  

Segundo o comandante do policiamento de Aracaju, coronel Vivaldy Cabral, a vítima foi encontrada com um afundamento de crânio, possível ação contundente na cabeça. A residência não possuía sinal de arrombamento, mas duas televisões, o celular e correntes de ouro foram levados. Além disso, os pneus do carro da vítima estavam cortados.

O filho do médico, que atendia como clínico geral e neurologista, disse em entrevista à TV Sergipe que o pai foi encontrado por volta das 6h na cama da residência pelo irmão. Ao ver a cena do crime, se desesperou e chamou a polícia. Na noite do crime, segundo Ivan Dantas Mecenas, a grade da residência tinha sido forçada, como se alguém tivesse tentado entrar; uma situação recorrente na região.

“Ele já tinha sido roubado algumas vezes, a região sempre foi perigosa, vários casos de assalto. Fazemos apelo para colocar patrulha no local. Ele tinha uma vida ativa, fazia atividade física, era jogador de vôlei por Sergipe há muitos anos, toda a vida gostou de praticar, gostava de correr na praia, era calmo, tranquilo. Ele sempre dizia aos filhos para nunca reagir em assalto, que levasse tudo menos a vida”, contou o filho, emocionado.

O médico foi encontrado morto na casa de praia

Iremar de Mecenas era neurologista, separado e pai de três filhos. Ele atuava como médico na cidade de São Sebastião do Passé, região metropolitana de Salvador (BA), e também já trabalhou no município de Riachão do Jacuípe, no Território da Bacia do Jacuípe, também Bahia. Em Sergipe, onde pretendia morar, o médico iria atender no município de Areia Branca.

O corpo do médico passou por necropsia no Instituto Médico Legal de Aracaju. Ele era irmão gêmeo da vereadora Iracema de Mecenas Silva, conhecida como Iracema Albuquerque (PT do B). A Polícia Civil, por meio do delegado Marcelo Cardoso, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso. (Com informações do site F5 news.com.br)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: