Interior da Bahia

História

Morre o advogado e ex-deputado Sigmaringa Seixas

Morreu, nesta terça-feira (25/12), o advogado e ex-deputado federal Luiz Carlos Sigmaringa Seixas, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, em decorrência de uma mielodisplasia, tipo de câncer que comumente evolui para um quadro de leucemia. Há um mês, Sig, como era chamado carinhosamente pelos amigos, foi submetido a um transplante de medula na esperança de curá-lo, mas o procedimento não teve o sucesso esperado.

Segundo o irmão José Carlos Sigmaringa Seixas, o corpo do advogado será velado na quarta-feira (26/12) a partir das 8h, no Cemitério Campo da Esperança da Asa Sul, em Brasília. O sepultamento está marcado para as 16h30. “Perdi um irmão e um amigo sempre pronto a ajudar a todos. O que mais lamento é que ele tinha muita vontade de viver”, afirmou José Carlos, que publicou um texto sobre o irmão nas redes sociais (leia íntegra abaixo).

Políticos e amigos também lamentaram a morte e destacaram as qualidades de Sigmaringa, eleito três vezes deputado. O advogado era muito respeitado e tinha relações pessoais com representantes de diferentes correntes políticas. Foi filiado ao MDB, PSDB e PT, seu último partido. Era um grande amigo do senador José Serra (PSDB-SP) e do ex-presidente Lula, que teve negado, nesta terça-feira, um pedido para comparecer ao enterro.

No governo Lula, Sigmaringa foi várias vezes cotado para assumir o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Mas sempre preferiu permanecer na advocacia. Era filho do ex-presidente da OAB/DF Antônio Carlos Sigmaringa Seixas, que morreu aos 94 anos, em janeiro de 2016. (Fonte: Correio Braziliense/ Foto: Jose Varella/CB/D.A Press),

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas