História

‘Pior dia da minha vida’, diz esposa, após a morte de Boechat

Veruska Seibel, mulher do jornalista Ricardo Boechat, vítima de um acidente aéreo nesta segunda-feira (11/02), publicou uma foto no Instagram, lamentando morte do âncora da Rádio BandNews FM e apresentador de diversos telejornais na emissora. A foto mostra um abraço entre Veruska e Boechat, no dia do casamento dos dois, em 2005. “Pior dia da minha vida”, escreveu na legenda. 

Veruska Seibel, mulher de Boechat, publicou foto do casal no Instagram

Boechat deixou seis filhos, sendo que duas com a atual esposa: Valentina, 12 e Catarina, 10. E outros quatro do primeiro casamento, com Claudia Costa: Bia, 40, Rafael, 38, Paula, 36 e Patrícia, 29. O velório será realizado até terça-feira (12/2), às 14h e será aberto ao público. 

Ao longo do dia, jornalistas, admiradores e políticos lamentaram a morte do apresentador em redes sociais. Emocionados, os apresentadores da rádio Band News, que trabalhavam juntos com Boechat, interromperam a transmissão do programa ao saberem da morte do colega. Eles tiveram dificuldades em dar a notícia aos ouvintes e a emissora chegou a sair do ar por alguns minutos. Filho de um diplomata brasileiro, Ricardo Boechat apresentava o Jornal da Band, na TV Bandeirantes. Vencedor de três prêmios Essos, e o maior ganhador do Prêmio Comunique-se, o comunicador era um dos principais jornalistas do país.

O último comentário de Boechat  na rádio foi sobre as tragédias deste ano – o rompimento da barragem Mina do Feijão (MG), e o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo. De perfil excêntrico e comentários ácidos, o jornalista era conhecido pelas críticas que fazia no jornal diário. 

Passageiros 
A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) divulgou, em nota, nesta tarde, que o helicóptero estava em situação regular. Mas, a empresa responsável pela aeronave, a RQ Serviços Aéreos Especializados LTDA, não podia transportar passageiros. 

Acidente

O helicóptero em que Boechat estava caiu no início da tarde desta segunda-feira (11/2), na via Rodoanel. O jornalista voltava de uma palestra em Campinas (SP) quando a aeronave tentou fazer um pouso de emergência, mas acabou acertando um caminhão que trafegava pela Rodovia Anhanguera.

O motorista da carreta teve ferimentos leves e não precisou ser socorrido em nenhum hospital. O piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci, também morreu em decorrência da queda do helicóptero. (informações do Correio Braziliense / foto: Reprodução/Facebook).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas