Interior da Bahia

Entretenimento

Justo: No dia mundial do rádio, ONU homenageia Ricardo Boechat

Em mensagem para o Dia Mundial do Rádio, comemorado neste 13 de fevereiro, o secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu que o meio de comunicação seja usado para promover o diálogo, a tolerância e a paz. 

Boeachat morreu em acidente de helicóptero, em São Paulo

O dirigente lembrou que o rádio alcança mais pessoas no mundo do que qualquer outro meio de comunicação. No Brasil, a UNESCO marca a data com uma homenagem a Ricardo Boechat, jornalista que, segundo o organismo internacional, “fez do rádio sua maior vocação”.

“O rádio é uma poderosa ferramenta. Mesmo no mundo digital de hoje, o rádio chega a mais pessoas do que qualquer outra plataforma de mídia”, afirmou Guterres.

Em suas redes sociais, a Representação da UNESCO no Brasil compartilhou uma gravação do brasileiro Ricardo Boechat em que o jornalista explica por que o rádio segue conquistando públicos até hoje.

O organismo internacional homenageou o apresentador da Rádio BandNews FM, falecido num acidente de helicóptero na segunda-feira (11), e descreveu o profissional como “o jornalista que fez do rádio sua maior vocação”. 

Boechat era o principal âncora da TV Band e Band News FM

Em 2019, o tema do dia do rádio é “Diálogo, Tolerância e Paz”. Atualmente, a UNESCO estima que mais de 70% da população mundial tenha acesso ao rádio. Esse tipo de alcance global só é equiparado à penetração dos telefones celulares. Em países em desenvolvimento, pelo menos 75% dos domicílios têm um aparelho de rádio.

“É uma plataforma pessoal e interativa na qual as pessoas podem transmitir os seus pontos de vista, as suas preocupações e as suas queixas. O rádio pode criar uma comunidade”, acrescentou o secretário-geral. (Fonte: Rádio ONU /Foto: BandFm).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas