Educação

‘Revolta dos Búzios’ será exibido em três cidades do interior através do ‘Escolas Culturais’

O filme “1798: Revolta dos Búzios” será exibido nos municípios baianos de Xique-Xique, Ponto Novo e Simões Filho com o objetivo de dinamizar a cultura em escolas públicas da rede de ensino estadual. 

O documentário exigiu uma minuciosa pesquisa da produção

As exibições começaram nesta quarta-feira (13), no Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, em Xique-Xique, e no próximo domingo (17) será exibido no Centro Educacional Santo Antônio, em Simões Filho, e no Colégio estadual João Durval Carneiro, em Ponto Novo, a 328 km de Salvador. A ação faz parte do projeto Escolas Culturais do Governo do Estado.

O longa-metragem “1798: Revolta dos Búzios”, do diretor Antonio Olavo, conta a história do levante dos negros baianos que marcou o importante episódio de luta pela independência e pelo fim da escravidão na Bahia. 

Cineasta Antonio Olavo é o diretor de “1798: Revolta dos Búzios”

Em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), serão beneficiadas as comunidades de Palmares e do Ilê Àse Ojú Yaomin. No município de Ponto Novo, que contará com um Cinema Itinerante, as comunidades de Várzea da Pedra e Reforma. Já em Xique-Xique, na região do Vale do Rio São Francisco, a comunidade local terá acesso à produção baiana.

A iniciativa coordenada pela Diretoria de Audiovisual (Dimas), da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), órgão da SecultBA, pretende difundir a produção baiana no segmento, ampliar o acesso e estimular reflexões e diálogos em torno de temas relevantes da agenda contemporânea a partir da perspectiva audiovisual. 

A ideia é consolidar uma política de acesso ao cinema através da constituição de pontos gratuitos voltados para exibição de obras brasileiras, em especial, baianas. A SecultBA também está distribuindo kits entre as Escolas Culturais, com 18 DVDs e cerca de 37 filmes brasileiros, para comunidades em 27 Territórios de Identidade da Bahia. 

Lançamento

O lançamento atraiu um grande público na Sala Walter da Silveira

Sob a direção de Antonio Olavo, o filme foi lançado no dia 13 de agosto de 2018, na Sala Walter da Silva, em Salvador. Na oportunidade, o documentário foi exibido em duas sessões lotadas, a primeira às 18h30, e a segunda às 20h. Com 72 minutos de duração, o filme preencheu todas as expectativas do público e até mesmo da crítica.

(Da redação, com informações do Bahia Notícias / Fotos: Divulgação).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas