Mundo

Avião de passageiros pega fogo em Moscou e mortos pode passar de 40

Pelo menos 13 pessoas morreram no incêndio em um voo da companhia aérea russa Aeroflot, que fez um pouso de emergência, em chamas, no aeroporto moscovita Sheremetievo, neste domingo (5), pouco após a decolagem, disseram autoridades citadas pela agência estatal de notícias TASS. 


De acordo com a agência Ria Novosti, um problema elétrico teria causado o incêndio

O Sukhoi Superjet 100 “enviou um sinal de emergência logo após a decolagem, fez uma primeira tentativa fracassada de pouso de emergência e depois, no segundo, atingiu o solo com a fuselagem”, disse uma fonte do aeroporto citada pela agência de notícias Interfax. 

Autoridades russas temem que morram 41 dos 78 ocupantes do avião da Aeroflot

De acordo com a agência Ria Novosti, um problema elétrico teria causado um incêndio no meio do vôo. Imagens de televisão mostraram chamas saindo do avião durante a tentativa de pouso. Outra fonte, citada pela agência estatal de notícias TASS, relatou “várias pessoas feridas”.  Todos os passageiros foram evacuados do avião.

Pode chegar a mais de 40 o número de mortos

Autoridades russas temem que morram 41 dos 78 ocupantes do avião da Aeroflot que pegou fogo neste domingo (05) e fez um pouso de emergência, em chamas, no aeroporto de Moscou, segundo informações oficiais. “Havia 78 pessoas, inclusive membros da tripulação, a bordo do avião”, informou o Comitê de Investigação em um comunicado.

“Segundo as informações atualizadas até o momento, 37 pessoas sobreviveram”, acrescentou. O balanço confirmado até o momento é de 13 mortos. “Pelo momento, confirmamos a morte de 13 pessoas, entre elas duas crianças”, disse uma porta-voz da Comissão de Investigações russa, Svetlana Petrenko, citada pela agência TASS.

Outras 11 pessoas teriam ficado feridas, segundo Dmitry Matveyev, ministro da Saúde da região de Moscou. Segundo ele, três teriam sido hospitalizadas, mas seu estado de saúde não era grave.

O avião Sukhoi Superjet 100 tinha decolado do aeroporto moscovita de Sheremetievo às 12h de Brasília (15h GMT) rumo a Mursmank, no extremo norte da Rússia. (Por AFP/ Foto Reprodução / Twitter).



Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas