Economia

Fábrica Paquetá fecha a unidade de Riachão e deixa 210 famílias desempregadas

A noticia de encerramento das atividades surpreendeu os funcionários da Paquetá

De acordo com as informações, a direção da empresa já comunicou o fechamento da fábrica a todos os funcionários nesta sexta, pela manhã. Ainda segundo informações, vários funcionários choraram desesperados e outros também se mostraram abatidos diante da noticia.

Por volta das 13h desta sexta-feira, a direção da empresa foi vista em almoço no Restaurante SO na Brasa, uma movimentação atípica para a rotina da empresa. Horas depois, a noticia já circulava pela cidade, mostrando que os empresários vieram para sacramentar o fechamento da fábrica de produção instalada em Rachão do Jacuípe.

A Paquetá emprega atualmente cerca de 210 funcionários, mas todos serão demitidos

A fábrica foi instalada em Riachão do Jacuípe no ano de 2013, durante o governo da Prefeita Tania Matos e veio para o município depois de uma articulação iniciada pelo então vereador Carlos Matos junto à direção da fábrica de Ipirá. Depois que a prefeita Tânia assumiu, ela foi a Ipirá junto com o vereador para bater o martelo sobre a vinda da fábrica para Riachão.

Falta de apoio

Apesar de ser uma empresa privada, a Paquetá sempre contou com uma parceria com a administração anterior, em serviços de logística, que pouco oneravam o município. “Não é uma obrigação da prefeitura, mas a gente sabe que se trata de uma empresa que gera muitos empregos. Então, uma parceria com a prefeitura poderia ajudar a permanência da fábrica no município”, avaliou um comerciante da cidade que pediu para não ser identificado.  

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas