Política

Mais da metade da população desaprova governo Bolsonaro

Mais uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira mostra que mais da metade da população desaprova o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o levantamento, 51% dos entrevistados afirmou que não está gostando da gestão. Já outros 43,7% aprova e 5,3% não sabem ou não opinaram.

Jair Bolsonaro durante reunião informal dos Líderes dos BRICS (foto: Alan Santos/PR)

Foram entrevistadas 2.102 pessoas com 16 anos ou mais entre os dias 20 e 25 de junho, em 26 estados e no Distrito Federal. A pesquisa do Instituto Paraná tem 95% de confiança e margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No detalhamento, os números mostram que apenas 7,4% dos entrevistados consideram a gestão do presidente como ótima e outros 22,7% a consideram boa. Para 26,9% a condução do Brasil por Bolsonaro está regular.

Aparecem ainda 41% considerando a presidência de Jair Bolsonaro como ruim e 26,8% tem classificam como péssima. Não sabem ou não opinaram totalizaram 2,2%.

Se o recorte da avaliação for feito considerando o gênero as mulheres pesaram mais a mão no momento de avaliar o governo de Bolsonaro. Para 54,9% das mulheres o presidente não foi aprovado contra 39,7% que aprovam. Não sabem ou não opinaram totalizaram 5,4% no público feminino.

Já entre os homens, ocorre o inverso. A maioria, 48,2% aprovam e 46,6% desaprovam Bolsonaro. Outros 5,2% não opinaram ou disseram não saber avaliar.

O instituto Paraná ainda averiguou, em pesquisa estimulada – quando é dado ao entrevistado a opção de responder de acordo com perguntas pré-definidas -, que para a maioria a sensação de corrupção ficou menor na atual administração. Para 44,8% a corrupção no Brasil diminuiu, outros 38,8% consideram que permaneceu igual.

 Há ainda quem considere que a corrupção aumentou na gestão de Bolsonaro. Esses somam 9,4% e outros 7% não souberam ou não opinaram. (Fonte: O Estado de Minas).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas