História

“Quilombos da Bahia”: 15 anos depois é lançado na Sala de Arte da UFBA

Nesta quinta-feira (10), pela manhã, o filme “Quilombos da Bahia” foi lançado na Sala de Arte da UFBA, dentro da programação do CINECLUBE VESÚVIO (UFBA / UESB / UNILAB). Aproximadamente 40 pessoas, a grande maioria estudantes do Colégio Estadual Otavio Mangabeira, no Saboeiro, acompanharam a exibição do filme de Antônio Olavo.

Olavo após o lançamento na Ufba: “Esse filme rompeu os limites imaginados por mim…”

“Esse filme rompeu os limites imaginados por mim, quando de seu lançamento em 2004. Patrocinado pela Petrobras, à época foi distribuído para mais de 3 mil escolas públicas da Bahia (municipais e estaduais), entregues presencialmente e com recibo assinado, um fato impactante.  Hoje, percebo que o filme continua forte… e caiu no domínio público”, disse Olavo.

Segundo o autor, uma estudante revelou que fez um grande esforço para estar presente, embora já tivesse assistido o documentário mais de dez vezes. “Me desculpe, mas eu tenho ele no meu pendrive”, revelou a jovem.

Para Olavo, essa é a grande recompensa do seu trabalho. “Existe recompensa maior para um realizador do que ouvir isso num debate público? As alunas/alunos da escola foram brilhantes: ninguém saiu, ninguém olhou o celular, e o filme tem 90 minutos”, observou.

Gerar reflexões

Ainda sobre o debate, após a exibição do filme, Olavo comentou: “Falaram, perguntaram e emocionaram colegas e professoras. Fiquei encantado, me senti realizado. Tantos anos depois um filme ainda cumpre sua função de gerar reflexões e transformar as mentalidades. Na saída, uma professora falou sobre a importância do filme na sua tese (doutorado). Entre a plateia, também atenta, a presença honrosa de minha filha, de 14 anos. A mim, resta dizer: “GRACIAS A LA VIDA QUE ME HA DADO TANTO….”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas