Esporte

“O posicionamento exemplar do Bahia”, destaca colunista de MG

O Bahia não é o líder do Campeonato Brasileiro. Tampouco vai decidir a Copa Libertadores. Mas está muito à frente de muitos clubes no país. Em um quesito, ninguém bate o tricolor baiano. O posicionamento do Bahia em relação a diversas questões chama a atenção e mostra de forma clara, concisa e direta a função social de um clube de futebol. Ainda mais um que é seguido por milhões de fãs. 

Camisas do Bahia com manchas de óleo despertou a atenção do colunista mineiro e muitos elogios nas redes sociais (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

A série de ações do clube é para ser aplaudida de pé. Recentemente, “manchou” sua camisa de preto como alusão às manchas de óleo no litoral brasileiro – a camisa foi super bem vendida, inclusive. No ano passado, por exemplo, o Bahia anunciou, por meio de suas redes sociais, a definição dos relacionados para a partida contra a Chapecoense, pelo Brasileiro, de uma forma muito especial: com os nomes de 20 personalidades negras, uma homenagem do Mês da Consciência Negra. 

Em seu site, o clube promoveu uma verdadeira aula de história, explicando quem era quem e ajudando todos a refletir sobre a inserção do povo negro na sociedade brasileira.  Além disso, o Bahia foi o responsável por homenagens à luta dos povos indígenas, debateu ações voltadas para pessoas com deficiência e das mães com filhos desaparecidos. Isso sem contar trabalhos contra intolerância religiosa, machismo e homofobia. Seu técnico, Roger Machado, raro negro no comando de uma equipe brasileira, entendeu bem o discurso e o clima, debatendo com imensa clareza temas como o racismo.

O clube está na vanguarda até mesmo em sua divisão administrativa. o Bahia tem um Núcleo de Ações Afirmativas. O setor é coordenado por Tiago César, assessor de planejamento do tricolor, que vai estar no Museu do Futebol Brasileiro, no Mineirão, no próximo sábado, dia 2, às 10h, para um bate-papo sobre as ações e causas defendidas pelo clube baiano. Quem quiser participar desse evento, que é gratuito, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (31) 3499-4312 / 4304: 

É uma boa maneira de conhecer de perto o exemplo de um clube que mostra, na prática, alguns dos papéis que devem ser feitos também pelos demais clubes. Se posicionar como uma referência nesse momento e ajudar as pessoas a entender melhor alguns temas por meio do futebol é para aplaudir. 

Coluna de Frederico Jota, publicada no Jornal O Tempo /MG, nesta quarta-feira (06/11).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas