Cultura

Feira: 4 mil jovens participam do Campori de Desbravadores

A quarta edição do Campori de Desbravadores está sendo realizada neste fim de semana, no Parque de Exposições João Martins da Silva, na BR-324, em Feira de Santana, com cerca de 3.800 participantes, além de mais de trezentas pessoas na equipe de apoio para dar segurança aos acampantes, de 30 municípios.

É uma cidade de tendas com mais de mil barracas. E para alimentar essa multidão são necessárias quinze toneladas de alimentos para os quatro dias de programação.

O evento, promovido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, segue até o próximo domingo (17), e foi aberto na quinta-feira (14) com a apresentação da fanfarra do Exército do 35º Batalhão de Infantaria e da Cavalaria da Polícia Militar, além da presença de autoridades municipais e da Igreja Adventista na região.

O acampamento é uma celebração realizada a cada quatro anos, após adolescentes e jovens participarem o ano inteiro de atividades como projetos comunitários e ações sociais em suas regiões.

Segundo a organização, o objetivo do Clube de Desbravadores é aprimorar a capacidade de adolescentes e jovens com idades entre dez e dezesseis anos, de forma holística, promovendo a educação cultural, o desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Em vários municípios da região central da Bahia, foi instituído o Dia Municipal do Desbravador. Em 2018, a Câmara de Vereadores de Feira de Santana, aprovou o projeto apresentado pelo Presidente da Câmara, José Carneiro, que estabeleceu o segundo domingo de abril como Dia Municipal dos Desbravadores.

“Isso mostra pra nós que a sociedade tem reconhecido a importância dos Desbravadores na comunidade”, lembrou Orleando Júnior, Líder de Desbravadores na região central da Bahia. Ele informou que no município de Feira há quarenta comunidades e mais de mil famílias atendidas pelo Clube.

O Campori de Desbravadores

A primeira edição do Campori de Desbravadores na região central da Bahia aconteceu em 2007, na cidade de Cachoeira, no campus da Faculdade Adventista da Bahia (FADBA).

É uma cidade de tendas com mais de mil barracas e 15 toneladas de alimentos.

A segunda edição foi em 2011, no Parque de Exposições de Feira de Santana. Já a terceira edição, foi na cidade de Paulo Afonso. E agora em sua quarta edição, mais uma vez, o evento volta a ser realizado no município de Feira de Santana. (Fonte: Acorda Cidade / Fotos: Divulgação/ Campori de Desbravadores).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas