Política

Ciro surpreende e põe Bellintani como possível candidato do PDT em Salvador

O vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes, surpreendeu ao colocar Guilherme Bellintani, presidente do Esporte Clube Bahia, na bolsa de apostas para ser candidato do partido na corrida eleitoral de 2020 na capital baiana. Até então, Leo Prates era a principal aposta da sigla para o pleito municipal.

Ciro aposta no nome de Bellintani como nome do partido em 2020 em Salvador

“Nessas nossas cogitações, nesse momento de preliminares da nossa estratégia, a possibilidade de filiar o presidente do Bahia também está sendo refletida. O [Carlos] Lupi [presidente nacional do PDT] sempre relata conversas sempre muito agradáveis, sempre muito interessantes”, declarou Ciro no programa “Café das Seis”, na Rádio Globo Salvador, nesta quarta-feira (20). 

Até então, circulava nos bastidores a informação de que Bellintani estava mantendo negociações avançadas com o PSB. “A notícia que eu tenho é de que ele [Bellintani] votou em mim, assim como Leo Prates votou em mim para presidente da República, mas nesse momento ninguém sabe qual vai ser o passo final do PDT. Mas nossas conversas estão sendo nessa direção: a possibilidade de filiar Leo Prates e lançá-lo candidato a prefeito, a possibilidade de filiar o presidente do Bahia e lançá-lo candidato a prefeito, mas também ainda não estão descartadas as possibilidades de alianças”, completou.

Ainda na entrevista, o pedetista confirmou que tem conversado com o presidente nacional do DEM, ACM Neto, e com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. A ideia é fazer uma aliança entre as duas siglas para a eleição presidencial de 2022. No último fim de semana, o presidente estadual do PDT, deputado federal Félix Mendonça Jr, confirmou as conversas, mas negou qualquer acordo entre as duas agremiações.

Ciro também voltou a fazer críticas ao PT, mas afirmou que a aliança do partido com o PDT na Bahia precisa ser respeitada, mesmo se pedetistas e democratas resolverem selar uma aliança. “Isso não quer dizer rompimento, isso não quer dizer negação da virtude, do valor e do diálogo. Até porque o Rui Costa é uma pessoa que tem um diálogo nacional também muito importante, e que é outra pessoa discriminada dentro do próprio PT. No PT, quem não está envolvido em escândalo, quem tem êxito eleitoral, o lulopetismo exclui, escanteia e bota no canto e não dá chance nenhuma”, apontou. (Informações do Bocão News|).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas