Cultura

Mesa “Evocações de Canudos” é destaque no segundo dia da Feira Literária de Canudos

O segundo dia da I Feira Literária de Canudos, nesta sexta-feira (22), foi marcado pela realização de várias mesas de conversas, exposição fotográfica, exibição de filmes, apresentação teatral, shows musicais, visitas às barracas de comidas típicas e de artesanato, além de estandes para vendas de livros e afins. 

A mesa de conversas debateu questões sobre Canudos e Antonio Conselheiro

Já pela manhã, aconteceu uma mesa de debates que contou com a mediação de Manoel Neto e participação de figuras ilustres como os professores Luitgarde Cavalcanti (UFRJ), Sérgio Guerra (Uneb), José Paulino da Silva (UFS), além do cineasta Antonio Olavo, o estudioso e guia turístico João Batista, além do professor João Ferreira Damião (Celc).

Professora Luitgarde Cavalcanti, UFRJ: vasto conhecimento sobre a problemática do sertão

Apesar da riqueza de conteúdo de toda a mesa, as participações da professora Luitgarde Cavalcanti e do cineasta Antonio Olavo chamaram a atenção do público. Luitgarde é conhecida pelo seu vasto conhecimento e sustentação de teses polêmicas sobre Antonio Conselheiro e Canudos, o cangaço e Lampião, além do movimento messiânico do Vale do Cariri (Ceará) e Padre Cícero. Desta vez ela se ateve mais às questões canudenses e conselheiristas, mas nem por isso deixou de provocar novas polêmicas.

Antonio Olavo esteve na mesa de conversas que ocupou quase toda a manhã

O cineasta Antonio Olavo contestou um pouco os debatedores que lhe antecederam, questionando o viés que é dado sobre a história de Canudos, notadamente sobre a posição do escritor Euclides da Cunha, que diz em Os Sertões que “… a Guerra de Canudos foi um exemplo único na história”. “Isso não corresponde à verdade, porque a história do Brasil é permeada por grandes lutas dos povos negros e indígenas, antes e depois de Canudos, a exemplo da Revolta dos Búzios, Revolta dos Malês, do movimento Pau de Colher, entre tantos outros”, argumentou Olavo.

Roberto Maciel, sobrinho neto de Antonio Conselheiro, veio de Quixeramobim, Ceará

À tarde aconteceram mais duas oficinas, essas contando com nomes como Eldon Dantas Canário, Oleone Coelho Fontes, o professor Leopoldo Bernucci, entre outros.  Á noite aconteceu uma apresentação teatral e o show com o cantor Fábio Paes.

Para este sábado estão previstas três mesas de debates, além de visitação aos estandes de livros, as barracas e a exposição fotográfica, que constam trabalhos de Flavio de Barros, Evandro Teixeira, Antonio Olavo, José Aras, dentre outros. À noite acontece show de Gereba.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas