Justiça

Viúva de Gugu recorre à Justiça para ser reconhecida como herdeira

A médica Rose Miriam Souza di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu Liberato, vai recorrer à Justiça para ser reconhecida como uma das herdeiras da fortuna do apresentador. Ela não foi casada oficialmente com Gugu, mas mantinha um relacionamento com ele há 19 anos (o filho mais velho dos dois, João Augusto, tem 18 anos). Rose pede o reconhecimento de união estável com Gugu.

Gugu Liberato e a médica Rose Mirian Souza Di Matteo com o filho recém-nascido João Augusto, atualmente com 18 anos: disputa pela herança ./Arquivo pessoal

Em entrevista à publicação, Rose afirmou que nunca teve outro homem a não ser Gugu e que qualquer mulher em seu lugar faria o mesmo. “Nós sempre fomos uma família. Marido e mulher, mãe e pai de três filhos”, disse a companheira.

O apresentador sofreu um acidente doméstico em sua residência em Orlando, nos Estados Unidos, e sofreu uma lesão na cabeça, com sangramento intracraniano. Ele caiu de uma altura de cerca de quatro metros, enquanto fazia um reparo no ar condicionado no sótão. Gugu distribuiu seus bens aos três filhos e seus cinco sobrinhos, mas não mencionou Rose no documento.

A fortuna do apresentador foi dividida em duas partes iguais. Da primeira metade, o dinheiro ficou para seus filhos João, Sofia e Marina; da segunda, Gugu deixou 75% para os três filhos e os outros 25% para os sobrinhos. Se Rose conseguir o reconhecimento da união estável, terá direito a metade da herança.

Pessoas próximas à família de Gugu afirmam que Rose não tinha uma união estável com o apresentador, apenas uma relação de amizade. A médica contesta, e diz que na casa dos dois, em Orlando, havia um closet cheio de roupas e toda segunda pela manhã ele depositava uma quantia para ela se manter.

“O que sei é que o que é do pai é dos filhos. Já está tudo no nome dos filhos. Como o Gugu queria. Não quero nada para mim. É tudo deles. Eu só vou viver de usufruto para poder me manter”, disse. Rose afirmou que, se receber a herança, irá doar tudo para os filhos. (Fonte: Revista Veja).

To Top
%d blogueiros gostam disto: