Meio Ambiente

Riachão: Chuvas se intensificam e trazem esperança em 2020

As chuvas que caíram nos últimos dias surpreenderam os moradores de Riachão do Jacuípe, uma vez que o acumulado já passa das previsões dos serviços de meteorologia e supera todas as expectativas.  Apesar da marcação de chuva, nunca se imaginou que em determinada região do município fosse atingir mais de 50 mm nesse período.

Paisagem bonita contrasta a região, com a chegada das chuvas e a realidade seca

Como em dezembro o acumulado em Riachão foi inferior a 10 mm e as previsões eram de chuvas sem muita intensidade no início de 2020, não estava na conta dos produtores o volume que já caiu até aqui. E, segundo os serviços de meteorologia, este domingo ainda prevê chuvas na Bahia, portanto com possibilidades de acontecer também em Riachão do Jacuípe.

Com as mudanças do tempo desde o final de 2019, a partir do dia 1º de janeiro começou a chover em Riachão do Jacuípe e região, embora sem muita intensidade. As chuvas mais consistentes caíram na quinta-feira, dia 2 de janeiro, mas foi na sexta-feira, dia 03, que o volume médio aumentou em quase toda região Sisaleira e na Bacia do Jacuípe.  

Após as chuvas, as águas já começam a passar sobre a barragem grande do rio Jacuipe

Na sexta-feira (03), o primeiro balanço das chuvas foi positivo. Na região de Baixa Nova, por exemplo, choveu 90 mm, em Nova Esperança choveu 35 mm. Neste sábado (04), a chuva veio mais forte e mais duradoura. Logo ao anoitecer, com relâmpagos e trovões e um pouco de vento, choveu mais de 01 hora sem parar na sede e em outras regiões do município.  

Confira abaixo a média acumulada de chuvas em Riachão do Jacuípe, por região:

Balisa: 135 mm

Baixa da Areia: 38 mm (sábado)

Baixa Nova: 145 mm

Campinas:  120 mm

Chapada: 110 mm

Campo Alegre: 50 mm (sábado)

Lagoa do Canto: 98 mm

Lagoa da Umburana: 130 mm

Nova Esperança/região: 55 mm

Sede de Riachão: 78 mm (sábado)

Terra Nova: 50 mm (sábado)

To Top
%d blogueiros gostam disto: