História

Riachão: Ex-jogador de Palmeiras e Sport, ‘Piaú’ morre em Salvador

Morreu na manhã deste sábado, 01 de janeiro de 2020, em Salvador, o ex-jogador PIAÚ. Ele estava internado há meses no Hospital Português, onde se tratava de um problema grave no pulmão. O corpo será transladado para Riachão do Jacuípe ainda hoje, devendo chegar no final da tarde.

Alegre e brincalhão, o ex-jogador Piaú foi artilheiro por onde passou

Batizado como Josival Sampaio Froes, PIAÚ chegou a Riachão do Jacuípe no início dos anos 1980 para disputar uma partida de futebol. Com o passar do tempo, acabou casando com Ana Nery Cedraz Mascarenhas Froes, filha de Antônio Oliveira Mascarenhas (Toinho de Abdias) e Dona Carmem. Com Ana Nery, ele teve o filho Lucas Abdias.

Em Riachão, Piaú defendeu o Palmeiras, onde se consagrou como artilheiro, defendeu também o Guarani e a seleção jacuipense. Fora de Riachão, ele defendeu a seleção de Conceição do Coité pelo Intermunicipal, o Brasil do Junco (Jacobina) e o Bahia Jovem de Senhor do Bonfim.

Em Senhor do Bonfim ele teve uma grande passagem. Além do Bahia Jovem, foi campeão do Intermunicipal pela seleção local. No jogo das faixas, contra o Botafogo-RJ, Piaú teve uma grande atuação, tanto que o treinador Abel pediu que a equipe carioca o contratasse. Piaú foi para o Rio, passou nos testes, mas não quis ficar, certamente por causa da saudade de casa.

Outro grande momento da carreira de Piaú foi durante dois jogos entre Palmeiras e Sport Jacuipense, no final da década de 80. Decisivo, ele marcou dois gols no clássico até então de grande rivalidade em Riachão do Jacuípe.  

Depois, o centroavante natural de Ipiaú (por isso o apelido) foi contratado pelo Jacuipense, que ajudou na sua subida para o profissional.

O velório será na residência da família, na Praça Coronel, Marcolino, N. 08, centro de Riachão do Jacuípe. O sepultamento do ex-jogador está marcado para amanhã (domingo), dia 2 de fevereiro, às 11h., no cemitério local.

To Top
%d blogueiros gostam disto: