Saúde

Antes do Carnaval, a ameaça do Coronavirus é um desafio para os governos

Os governos federal, estaduais e municipais têm que unir esforços para conter a hipótese do coronavirus chegar ao país antes do carnaval deste mês. Isso porque todas as precauções contra uma possível epidemia seguem orientações voltadas contra aglomerações e exposições à chegada do virus nos países em que ele chegou, além da China.

No carnaval, a aglomeração realmente se tornará inevitável

O carnaval brasileiro, portanto, significa festas intensas ao longo de 4 dias (em algumas cidades, ainda mais), exatamente levando aglomerações que abrangem centenas de milhares de pessoas.

DESFILES DAS ESCOLAS – O Rio e São Paulo, por exemplo, que têm programados os monumentais desfiles das escolas de samba, devem redobrar os esforços e atenções para com a infiltração do virus em pessoas contaminadas no exterior. Digo exterior, porque até o momento não se verificou qualquer caso comprovado em nosso país.

Atenção também para os desfiles de blocos, como o do Bola Preta, Simpatia é Quase Amor e a Banda de Ipanema. Além desses destaques, centenas, talvez milhares de blocos vão preencher as ruas e praças das principais cidades brasileiras.

Um avião vai pegar os brasileiros na China (Foto: Sgt Johnson/Agência Força Aérea)

Olhando-se os perfis das comemorações ligadas ao samba pode se ter uma ideia das dificuldades em conter os limites da exposição ao vírus, sE ele infelizmente chegar às cidades brasileiras.

CUIDADO ESPECIAL – Não quero dizer que ele chegará, mas me refiro ao cuidado especial que as autoridades devem manter para evitar as piores hipóteses que revestem as grandes aglomerações. Bloco, como o do Bola Preta, reúnem milhares de participantes e seu desfile alonga-se por várias horas.

Cuidados especiais nos aeroportos em todo o mundo (Foto: Portal R.7)

As escolas de samba, no Rio encaixam-se em dois dias de deslumbramento pela beleza dos passistas, dos ritmos, e da fantasia. Não apernas as fantasias que seus integrantes usam, mas também as fantasias que muitos têm dentro de si e que contribuem para um quase êxtase em torno da beleza das escolas e da poesia das composições que exaltam o samba.

Esse é o panorama dentro do qual as atenções devem estar voltadas. Principalmente as aglomerações inevitáveis que podem causar problemas a saúde dos que participam e dos que assistem a magia e a beleza do carnaval. (Pedro do Coutto/ Tribuna da Internet).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas