Polícia

PM lança ‘Operação 2 rodas’ para prevenir roubos de motos em Campo Formoso

Segundo o Major PM Angelo, comandante da 54 CIPM, essa ação policial que está sendo realizada pelos motociclistas militares da ROCAM, tem 3 objetivos principais: combater o roubo de veículos de 2 rodas, apreender motos com descarga furada (perturbação do sossego) e de sucata (leiloada como sucata e que recebe a baixa do Detran e NÃO poderá trafegar mais pelas ruas), bem como fiscalizar documentos e equipamentos de uso obrigatório.

A ação visa combater o roubo de veículos de 2 rodas, apreender motos e sucatas

Uma outra finalidade não menos importante da referida operação é prevenir os acidentes com motos (exigência do uso de capacetes), evitando mortes e mutilações, principalmente nas pessoas mais jovens de Campo Formoso.

Diariamente, ao final da “OPERAÇAO 2 RODAS”, todos as motos irregulares serão “multadas” e encaminhados para o Pátio da empresa Rodando Legal, terceirizada do DETRAN em Senhor do Bonfim, de onde só sairão após o pagamento das multas, do guincho e do valor referente ao período no qual o veículo permaneceu apreendido.

No dia 5 de fevereiro, quarta-feira, 06 motos irregulares foram enviadas para Senhor do Bonfim. O MAJOR PM ANGELO ainda destaca 3 aspectos importantes no tocante à condução de motos irregularmente:

O Código Nacional de Trânsito prevê que para poder dirigir a pessoa precisa  ter 18 anos completos e não estar impedido por problemas mentais, e que dirigir sem ter a CNH – Carteira Nacional de Habilitação, ou PPD – Permissão Para Dirigir (uma espécie de pré-CNH, que o recém aprovado recebe do DETRAN e vale por um ano), é considerado infração de trânsito gravíssima, passível de multa, perda de pontos na CNH e apreensão do veículo. Os menores de 18 anos que são flagrados dirigindo veículos, estão sujeitos ao cumprimento de medidas socioeducativas.

Já o ruído excessivo de moto produzido por descarga adulterada (furada) constitui infração grave sendo aplicado “multa”, acarretando a perda de cinco pontos na CNH e a retenção do veículo até que a descarga seja trocada.

Algumas motos já foram apreendidas após a operação

O comandante finaliza alertando que um ciclomotor leiloada como sucata recebe a baixa do Detran e NÃO poderá circular mais pelas ruas e essas motos devem ser apreendidas pela PM e o valor pago pelo condutor para adquirir o veículo não será restituído sendo que o seu proprietário ainda poderá responder criminalmente por qualquer adulteração de sinal identificador de veículo baixado. (Ascom – 54ª CIPM).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas