Saúde

OMS diz que novo coronavírus é ‘ameaça muito grave’ para o mundo

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, advertiu nesta terça-feira (11) que o novo coronavírus representa uma “ameaça muito grave” para o mundo, ao inaugurar uma conferência de combate à epidemia.

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS AFP

“Com 99% dos casos na China, (a epidemia) continua constituindo uma verdadeira emergência para este país, mas também é uma ameaça muito grave para o resto do mundo”, afirmou Adhanom Ghebreyesus em Genebra.

Durante dois dias, cerca de 400 cientistas avaliarão vários meios para combater a epidemia, concentrando-se, principalmente, em sua transmissão e possíveis tratamentos. “O que importa agora é deter essa epidemia e salvar vidas. Podemos alcançar isso juntos, com seu apoio”, afirmou o responsável aos participantes.

O chefe da OMS pediu a todos os países que mostrem sua “solidariedade”, compartilhando as informações de que dispõem. “Isso é particularmente importante em termos de amostras e da sequência do vírus. Para derrotar essa epidemia, precisamos compartilhar as informações”, insistiu. 

O chefe da OMS pediu a todos os países que mostrem sua “solidariedade”

Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que espera que esta reunião produza uma agenda de pesquisa que ajude pesquisadores e doadores. Mais de 42.600 pessoas já foram contaminadas por esse vírus na China continental e pelo menos 1.011 delas morreram.

Fora da China continental, dois pacientes morreram – um, nas Filipinas, e o outro, em Hong Kong. Além disso, existem mais de 400 casos confirmados de infecção em cerca de 30 países e territórios. (Por AFP).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas