Saúde

Riachão: Homem morre e forma como foi sepultado deixa dúvidas

Um homem conhecido por Givanildo, de aproximadamente 38 anos, morreu na madrugada deste sábado (25), no Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, e foi sepultado no final da manhã no cemitério local.

Givanildo foi sepultado na manhã deste sábado no cemitério de Riachão

Segundo as informações, ele era motorista da empresa J. B. Comercial e passava pela cidade de Nova Fátima quando se sentiu mal. As primeiras informações é que ele havia sofrido um infarto, mas esta versão não foi confirmada ainda.

Givanildo, que também era conhecido por Grande, teria dado entrada no hospital com falta de ar, mas veio a óbito por volta das 3h da madrugada deste sábado.

Embora não tenha sido confirmado, a pressa para o sepultamento e a forma como aconteceu deixou dúvidas sobre a causa da morte. Segundo uma pessoa que esteve presente, ninguém pôde entrar no cemitério e nem se aproximar do caixão, por isso suspeita-se que pode ter sido morte por Covid-19.

Um áudio que circula nas redes sociais também deixa pistas para essa versão. “Não entrou ninguém, não. Só entrou dois da funerária e o pessoal da Secretaria de Saúde. Mais ninguém. Ninguém ia invadir, ninguém passou da porta da Capelinha, foi direto, enterrou logo”, diz o áudio.

Contudo, pela falta do exame para confirmar, tudo pode ter acontecido por medida de precaução.  

To Top
%d blogueiros gostam disto: