Polícia

Polícia apura negócios de Adriano da Nóbrega em Sergipe

O capitão Adriano da Nóbrega, que era procurado por atividades milicianas e morto em Esplanada, na Bahia, teve atuação em Sergipe. Com isso, o estado está na rota dos investigadores cariocas que apuram a passagem do ex-policial pelo Nordeste.

Adriano e a mulher em uma fazenda do interior da Bahia

Muito conhecido no Rio de Janeiro, Adriano também era engajado no Nordeste e, segundo um investigador, durante o período em que esteve foragido na Bahia, o miliciano teria “lavado” dinheiro de origem criminosa por meio do arrendamento de fazendas de gado no estado. As propriedades estariam sendo registradas em nome de laranjas. Há provas, inclusive, de que ele participou de vaquejadas em Sergipe.

As apurações são concentradas no Rio, mas envolvem investigações de outros estados além de Sergipe como Tocantins, Rio Grande do Norte e Bahia.

O Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), do Rio de Janeiro, é o responsável pela investigação sobre a ações ilícitas do miliciano no Nordeste. Paralisadas, foram retomadas agora, por ordem de tribunais superiores, em atendimento a questionamentos das defesas dos alvos. (NE Notícias).

To Top
%d blogueiros gostam disto: