Política

Maquiagem estatística de dados da Covid-19 foi sugerida ao governo por Luciano Hang

O novo método do governo de Jair Bolsonaro para esconder os óbitos da Covid-19 é baseado em sugestões dadas por Luciano Hang, dono da Rede Havan, que enviou aos militares da cúpula da Saúde um vídeo por Whatsapp. O empresário é investigado pela Polícia Federal em caso que apura um suposto esquema de faka news, com um gabinete do ódio em Brasília.

Na imagem o empresário Luciano Hang ao lado do presidente Jair Bolsonaro

No vídeo, segundo aponta reportagem do portal Valor Econômico, Hang promete fazer uma live com o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) para “mostrar o que está por trás dos números” recorde de mortes pela Covid-19. Hang exibe, então, um gráfico com dados de cartórios mostrando uma curva de óbito sem trajetória descendente.

Assim, defende que o governo passe a publicar apenas as mortes confirmadas no mesmo dia. Segundo funcionários da Saúde, no entanto, a curva mostrada por Hang é descendente “porque os dados de mortes recentes são muito preliminares”.

A reportagem ainda acrescenta que, sob o comando do general Eduardo Pazuello e aparelhado por militares nomeados a mando de Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde pressiona inclusive a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que produz relatórios internos para informar o presidente, para maquiar dados e esconder o número real de mortos pelo coronavírus.

To Top
%d blogueiros gostam disto: