Justiça

STJ estende prisões de desembargadora, filho e advogado

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), prorrogou até 23 de setembro as prisões preventivas da desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Sandra Inês Moraes Rusciolelli de Azevedo, do filho Vasco Rusciolelli de Azevedo, e do advogado Vanderlei Chilante. Os três são investigados na Operação Faroeste, deflagrada para apurar esquema de venda de sentenças na região oeste da Bahia.

O STJ prorrogou a prisão da desembargadora do TJ-BA, Sandra Inês Moraes R. de Azevedo

“Não houve alteração sensível do quadro fático-jurídico e probatório, entre a decretação das prisões e a data de hoje, que possa ser considerada apta a gerar qualquer alteração na manutenção das prisões preventivas”, diz trecho da decisão do ministro Og Fernandes, assinada na última terça-feira (23) e publicada nesta quinta-feira (25).

As prisões preventivas dos três réus foram decretadas em 28 de março deste ano e tem vigência até esta quinta-feira. (Fonte: Politica Livre).

To Top
%d blogueiros gostam disto: