Polícia

Campo Formoso: MP-BA pede prisão preventiva de vereador acusado de agredir a filha

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) emitiu parecer solicitando a conversão de prisão em flagrante para prisão preventiva do vereador José Alberto de Carvalho, acusado de agredir a filha. O pedido de prisão preventiva foi expedido pelo promotor Rildo Mendes de Carvalho.

O pedido de prisão preventiva foi expedido pelo promotor Rildo Mendes de Carvalho.

No parecer, o promotor cita que o acusado, além da suposta agressão contra a filha, portava ilegalmente uma arma de fogo, o que levou à sua prisão em flagrante no último dia 16. Rildo Mendes salienta que os crimes praticados pelo investigado, lesão corporal e porte ilegal de arma, são “conexos”, o que justifica o pedido de prisão preventiva. 

“Os pressupostos da prova de existência do crime e de indícios suficientes da autoria do investigado é incontestável, haja vista os crimes que lhe são atribuídos, ou seja, violência doméstica e familiar contra a mulher e porte ilegal de arma de fogo”, reforça o promotor.

Ainda no parecer, o promotor reitera que, como representante do povo, as atitudes do vereador “em nada condizem com o carinho e consideração que a população campo-formosense tinha quando o escolheu para o cargo ao qual ocupa, sendo assim a liberdade do suposto inculpado pode fazer com que o mesmo volte a cometer as mesmas atrocidades”.

A filha do vereador, Rafaella de Carvalho Pereira, o acusa de tê-la espancado após uma discussão ocorrida na chácara da família, localizada em Poços, zona rural de Campo Formoso. Rafaella chegou a divulgar vídeos nas redes sociais mostrando as marcas das agressões. Ela relatou também ameaças e chegou a citar, em depoimento, que o pai mostrou a arma de fogo a um amigo no dia do ocorrido, momentos antes da agressão. (Fonte: Bocão News).

To Top
%d blogueiros gostam disto: