Economia

Caruaru anuncia plano para reabertura da Feira da Sulanca

A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, apresentou, nesta segunda-feira (20), o Plano de Ação e Operacionalização da Feira da Sulanca. O planejamento entrará em operação assim que a feira seja autorizada a funcionar. As estratégias que serão adotadas seguem recomendações dos órgãos de saúde e foram devidamente discutidas com representantes da Feira, de acordo com comunicado da prefeitura.

O planejamento entrará em operação assim que a feira seja autorizada a funcionar.

Segundo a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, o plano foi pensado para atender o público geral, comerciantes e compradores, no contexto da pandemia de coronavírus. “Todas as ações foram cuidadosamente pensadas para proteger todas as pessoas que circulam nos dias da Feira da Sulanca”, disse a gestora. 

“Contamos com a ajuda de todos para que o protocolo seja rigorosamente seguido e assim garantir a segurança de todos. Estamos prontos para colocar tudo em prática assim que a seja liberado o funcionamento da feira”, acrescentou Raquel.

Entre os principais pontos do plano, está o uso obrigatório de máscaras por qualquer pessoa que circule no Parque 18 de maio, onde ocorre a feira. Empresas de transporte que levam compradores para a feira deverão obedecer a uma lotação máxima de 50% por veículo. A temperatura dos passageiros também precisará ser aferida a cada duas horas, no caso de viagens de mais de 4 horas. Caso alguma pessoa tenha temperatura acima de 37,5ºC, o acesso de todos os passageiros será proibido.

A Prefeitura apresentou o Plano de Ação e Operacionalização da Feira (Foto: Rádio Cultura)

Sendo identificado alguma pessoa com temperatura acima de 37,5º, será proibido o acesso de todos os passageiros que estão sendo transportados pelo veículo. Os carros também deverão ter higienizadores para as mãos, assim como precisam ter as áreas internas e externas higienizadas.

Lojistas
O plano define como obrigatório o uso de máscaras para funcionários. Será proibido o uso de expositores nas áreas externas. “A ideia é que não exista nenhum obstáculo fora dos limites dos bancos. A prefeitura também vai colocar sinalizações espalhadas por toda feira com com as recomendações e orientações dos órgãos de saúde”, explicou o secretário executivo de Serviços Públicos de Caruaru, Matheus Freitas.

O plano define como obrigatório o uso de máscaras para funcionários

O plano orienta que balcões e áreas internas sejam higienizados antes, durante e após a realização das feiras. Recipientes de higienização com álcool em gel também deverão ser oferecidos nos bancos pelos lojistas. 

A saúde da equipe de funcionários precisará ser monitorada pelos responsáveis, devendo orientá-los a procurar uma unidade de saúde em casos de sintomas suspeitos.

Frequentadores
O plano prevê ainda o comportamento dos frequentadores da feira, que deverão higienizar as mãos sempre que possível, além de buscar evitar aglomerações e contatos físicos com outras pessoas. “É preciso reforçar que ninguém deverá ir à feira apenas para passeio. Ficar em casa ainda é necessário, sempre que possível”, pontua o secretário executivo de Serviços Públicos. (Fonte: Folhape).

To Top
%d blogueiros gostam disto: