Esporte

Com CR-9, Juventus é campeã na Itália pela 9ª vez seguida

A Juventus conquistou seu 9º título nacional consecutivo, ontem, o 36º em sua história, graças à vitória em casa, por 2 a 0, sobre a Sampdoria, pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Italiano. Cristiano Ronaldo e Bernardeschi marcaram os gols.

Com gol de Cristiano Ronaldo, Juventus é campeã italiana /Foto: Marco Bertoletto/AFP

Faltando dois jogos para o final do campeonato, o clube de Turim tem 83 pontos – sete pontos a mais que a vice-líder Inter de Milão, com 76, que não pode mais alcançá-lo. Este “scudetto” foi o primeiro a ser conquistado sob o comando de Maurizio Sarri, que prolonga a incrível série iniciada por Antonio Conte (três títulos) e continuada por Massimiliano Allegri (cinco campeonatos).

A equipe de Turim é a maior vencedora da história da liga nacional. Mas o domínio atual, iniciado em 2012, não tem paralelo no futebol italiano. Nunca um clube venceu o campeonato nacional nove vezes consecutivas.

Os mais próximos foram os times que ganharam cinco vezes seguidas: a própria Juventus (campeã de 1931 a 1935), o Torino (vencedor entre 1943 e 1950, mas as temporadas 1944 e 1945 não aconteceram por causa da 2ª Guerra Mundial, e a Internazionale (de 2006 a 2010).

Com a definição do campeão, muito pouco resta em disputa na Série A. Três dos quatro classificados para a próxima Champions League estão definidos. Além da Juventus, estão garantidos Atalanta e Inter, segundo e terceiro colocados, respectivamente. A Lazio é a favorita para ficar com a última vaga.

SPAL e Brescia já estão rebaixados. Lecce e Genoa disputam para não serem o terceiro time a cair de divisão. O monopólio da Juventus no país faz com que a prioridade seja cada vez mais a Champions League.

No próximo dia 7, faz a partida de volta das oitavas de final, em casa, contra o Lyon, da França. No primeiro confronto, a vitória foi dos franceses, por 1 a 0. Quem passar, enfrenta Manchester City ou Real Madrid nas quartas.

Foi por causa do título europeu que a diretoria aceitou investir 100 milhões de euros (R$ 600 milhões em valores atuais) para tirar Cristiano Ronaldo de Madri em 2018.

A Juventus tem dois troféus do torneio europeu (1985 e 1996). Informações do Globo Esporte.com

To Top
%d blogueiros gostam disto: