Política

Candeal: Em reviravolta, Everton vai e volta; no vazio, Ribeiro lança o filho; o imbróglio está formado

A política de Candeal sofreu uma reviravolta sensacional nos últimos dias. Depois de anunciar apoio à reeleição do prefeito Everton Cerqueira (DEM), o ex-deputado federal Ribeiro Tavares decidiu lançar o seu filho Có Tavares (foto abaixo), atual vice-prefeito, como o candidato do grupo.

Prefeito Everton Cerqueira, o vai e volta causou um imbróglio político em Candeal

Mas a decisão do ex-deputado federal, que também é ex-prefeito do município, só foi tomada depois que o prefeito Everton Cerqueira comunicou que não mais disputaria a reeleição.

Ribeiro com o filho Có: política de Candeal vive momentos de ebulição

O imbróglio político é tão grande que o leitor precisa prestar a atenção nos desdobramentos dos fatos para não se perder. Primeiro, na segunda-feira da semana passada (24), Ribeiro fez uma reunião com seu grupo e anunciou apoio à reeleição de Everton. Apesar da resistência de alguns aliados, ele ponderou que a opção daquele momento era seguir na aliança com o prefeito, mantendo seu filho como vice.

Resistência

Antes e durante a reunião que definiria o apoio ao prefeito, Ribeiro teve que administrar resistências dentro do seu grupo. Uma das lideranças que resistiam apoiar a reeleição de Everton era o ex-prefeito Fernando Nere (Donguinha) que minutos antes havia conversado com nossa reportagem.

Ribeiro, aqui ao lado do deputado Marcelo Nilo, tenta repatriar Donguinha no grupo

“Eu não tenho intenção de apoiar o prefeito. Me chamaram para uma reunião hoje, mas nem sei se vou, e se for, não irei com essa intenção”, disse Donguinha. Minutos depois dessa declaração, outra liderança do grupo, Antônio Martins, chegou convencendo o ex-prefeito a participar da reunião.

Reviravolta

Só que, na última quinta-feira (27), três dias depois da reunião decisiva, o prefeito procurou Ribeiro e lhe disse que não mais disputaria a reeleição, autorizando o mesmo fazer suas articulações e lançar candidato. Isso posto, ficou subentendido também que o prefeito indicaria o vice.

Aliados ainda acreditam na união de Everton e Ribeiro

A notícia de que Có seria o candidato do grupo da situação circulou pelas redes sociais e repercutiu em todo o município. Alguns aliados fizeram questão de informar à Rádio Jacuípe para noticiar que o candidato do grupo seria Có e que o prefeito havia desistido de sua candidatura.

Reação dos aliados do prefeito

Ocorre que, na velocidade dos fatos, aliados do prefeito Everton Cerqueira – principalmente o seu sobrinho Júnior e o chefe de gabinete Ivan Martins-, não aceitaram a desistência do gestor e fizeram o mesmo voltar atrás, inclusive indo de imediato comunicar o fato a Ribeiro.

O ex-prefeito Tadeu aguarda o momento certo para se posicionar

Surpreso, a notícia não foi bem recebida pelo ex-deputado federal Ribeiro Tavares, que alegou que quem falava em nome do prefeito era ele próprio e não emissários.

Diante dessa nova realidade, Ribeiro convocou outra reunião com o seu grupo na segunda-feira (31/08) para reavaliar o quadro. A reunião aconteceu na Fazenda Harmonia e a decisão tomada foi que o grupo manteria a candidatura de Có e que a vaga de vice continuava disponível para indicação do prefeito Everton Cerqueira.

Enfim, enquanto isso, a oposição assiste tudo de camarote, já que o ex-prefeito Tadeu só está aguardando o momento certo para botar o seu bloco na rua.

To Top
%d blogueiros gostam disto: