Esporte

Série C: Jacuipense vence o Paysandu no Pará e encosta no G4

Nesta quarta-feira (09), o Jacuipense garantiu uma importante vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, em pleno estádio da Curuzu, em Belém (PA), pela quinta rodada da Série do Campeonato Brasileiro e complicou o time da casa na classificação.

A partida foi muito disputada, mas o Jacuipense conseguiu a vitória (Foto: O Liberal/PA)

Com quatro pontos, o Paysandu é o oitavo colocado do Grupo, o primeiro acima da zona do rebaixamento. No entanto, Imperatriz, com um ponto, e Treze, ainda sem pontuar, têm dois jogos a menos e podem colocar a equipe paraense no Z2.

O Jacuipense, agora com sete pontos, colou na zona de classificação para a segunda fase. A equipe baiana está na quinta colocação apenas um ponto abaixo do Vila Nova, que tem um jogo a mais.

O jogo

O jogo já começou agitado e o Jacuipense abriu o placar aos 12 minutos. Dinei invadiu a área e foi derrubado por Uchôa, que cometeu pênalti. Na cobrança, Danilo Rio deslocou o goleiro Gabriel Leite e balançou as redes.

Jacuipense levou a melhor e bateu o Paysandu por 2 a 1 (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)

No segundo tempo, o Paysandu empatou aos 32 minutos com Uilliam Barros, aproveitando cobrança de falta na medida de Alex Maranhão. No entanto, a comemoração do time da casa durou pouco.

Melhores momentos da partida: imagens de O Liberal

No minuto seguinte, o Jacuipense já voltou a ficar na frente. Em rápido contra-ataque, Thiaguinho recebeu dentro da área e encheu o pé para estufar a rede e garantir a vitória.

Próximos jogos
O Paysandu volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Imperatriz, em mais um jogo na Curuzu, pela sexta rodada da Série C. Na segunda-feira, o Jacuipense recebe o Ferroviário em Pituaçu.

Ficha Técnica

Paysandu-PA

Gabriel Leite;

Tony (Netinho), Micael, Diego Matos e Bruno Collaço;

Uchôa, Luiz Felipe, PH e Vinícius Leite (Alex Maranhão);

Mateus Anderson e Nicolas.

Técnico: Hélio dos Anjos

Jacuipense-BA

Jordan;
Rodrigo (Lucas), Kanu, Railon e Radar (Levi);

Raniele (Caíque), Flávio e Danilo Rios (Newton);

Rafael Bastos (Thiaguinho), Dinei e Mauri.

Técnico: Jonilson Veloso

(Fonte: AFI/Futebol Interior)

To Top
%d blogueiros gostam disto: