Página inicial » Polícia » Riachão: Acidente em Vila Aparecida deixa homem gravemento ferido; sem ambulância, hospital atrasa o socorro

Riachão: Acidente em Vila Aparecida deixa homem gravemento ferido; sem ambulância, hospital atrasa o socorro

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image Seu Zezito esperou mais de uma hora para ser transferido.

Na noite deste sábado (29) um acidente ocorrido na BR-324 Rodovia Lomanto Junior no povoado de Vila Aparecida vitimou o senhor José Carneiro de Araújo, 55 anos, que foi atropelado por uma carreta.

Segundo informações de familiares o senhor José, mais conhecido como “Zezito do Bar”, morador do povoado de Vila Aparecida, saiu de casa em uma moto Honda CG de placa não informada, de cor prata. Momentos depois, ele foi encontrado em uma moto do mesmo modelo, só que de cor azul, caído na pista, próximo à entrada do povoado. Até o fechamento desta reportagem ninguém soube informar o porquê da troca de motos.

A esposa de seu Zezito, Renilse Pinheiro de Araújo, conversou com nossa reportagem e disse que não entende o que aconteceu, “Ele saiu de casa em uma moto e aconteceu o acidente em outra, ele não é de bebida, não sabemos como isso aconteceu”, disse ela. A vitima saiu de casa por volta das 18h e por volta das 20h30 foi que a noticia chegou até a família, que estava em casa. Uma mulher que não foi identificada chegou até a residência e informou o ocorrido.

A policia e a ambulância do Hospital Municipal foram acionadas, mas apenas a viatura se deslocou. Por motivo da demora da ambulância populares deram socorro a seu Zezito em uma picape Montana. Revoltados, ao chegar no Hospital os parentes e amigos da vitima descobriram que o mesmo estava sem ambulância. A esposa ainda disse que mentiram para ela, pois o atendimento do Hospital informou que a ambulância estava a caminho, mas descobriram que era mentira.

Após mais de uma hora de espera, sentindo fortes dores e com varias fraturas pelo corpo, o senhor Zezito só foi transferido após a solicitação de uma ambulância particular, da cidade de Conceição do Coité, que foi cedida pela empresa PAFAC, que chegou 30 minutos depois de ser solicitada. Só então a transferência pôde ser feita para o Hospital Cleriston Andrade, em Feira de Santana. Segundo as ultimas informações, seu Zezito passa bem e segue internado.

Revolta

A falta de ambulância causou revolta nos parentes do senhor José. O filho dele citou inclusive a falta da SAMU, que chegou ao município mas ainda não está funcionando. “Tanta festa, tanto foguete, e agora a gente aqui precisando e cadê a tal da SAMU, isso é uma vergonha”, disse ele a nossa reportagem. Veja o vídeo:

Por Alana Adrielle.

 

 

Adicionar a: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg
  • email Envie para um amigo
  • print Versão para impressão