Cultura

O saldo da “guerra” em Cruz das Almas

Até o inicio da noite desta quinta-feira (25), o saldo da guerra de espadas na cidade de Cruz das Almas já tinha 220 feridos. Saldo deve aumentar com as comemorações do São Pedro.

Os festejos juninos no município de Cruz das Almas (a 146 km de Salvador), onde acontece a tradicional guerra de espadas, deixou um saldo de 220 queimados desde o dia 12 de junho, início da festa no município, até esta quinta-feira à noite.

Mesmo abaixo do número de 2008, quando 235 pessoas se feriram com espadas, o saldo ainda pode aumentar por conta do São Pedro, comemorado em 29 de junho. O maior número de ocorrências foi registrado na quarta-feira, dia de São João, quando foram atendidas 135 pessoas no Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso, o maior da cidade.

Na unidade de saúde, 64 casos foram de queimaduras graves. Desses, seis pessoas foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Apesar da gravidade da maioria dos feridos com espadas, este ano Cruz das Almas ainda não registrou nenhuma morte relacionada a acidentes com espadas ou qualquer outro tipo de fogos de artifício durante os festejos juninos.

To Top
%d blogueiros gostam disto: