Economia

G. Barbosa de Feira é multado em R$ 3 milhões.

A rede de supermercados G. Barbosa foi multada pelo Procon de Feira de Santana em R$ 3 milhões. Segundo Magno Felzemburgh, diretor do Procon, a rede de supermercados cobra 11% de encargos financeiros para os clientes que possuem o cartão da empresa. Só que essa prática só é permitida para as instituições financeiras e as administradoras de cartões de crédito, o que não o caso do G. Barbosa. Assim, os juros foram considerados abusivos.

A rede de supermercados fez a defesa do processo, mas não obteve êxito. Para recorrer, o G. Barbosa deverá apresentar novo recurso a Prefeitura.

O diretor do Procon esclareceu ainda que os juros de 1% e a multa de 2%, cobrados pela rede para os clientes do cartão, não fogem a lei, sendo perfeitamente permitidos. A multa aplicada foi mesmo em razão dos encargos financeiros de 11%. “O G. Barbosa não possui autorização legal para cobrar dos seus clientes esses juros abusivos”, afirmou Felzemburgh.

“O Procon está aberto para negociar. Podemos, inclusive, discutir um Termo de Ajustamento de Conduta”, ressaltou.

Com informações do site Bahiaagora.

To Top
%d blogueiros gostam disto: