Cultura

Sindicato acusa Grupo Lomes de desrespeitar lei do radialista

Segundo o Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana, que é presidido pelo radialista Valter Vieira, o Grupo Lomes de Radiodifusão desrespeita a lei do radialista, não concede aumento e pratica trabalho escravo.

Como se não bastasse a falta de reajuste salarial há dois anos, os radialistas das rádios Jovem Pan e Eldorado FM não são respeitados como profissionais pela direção, uma vez que obrigatoriamente exercem duas funções, recebendo apenas uma acrescentada de acúmulo.

Além disso, a direção do Grupo Lomes faz uma campanha aberta contra a sindicalização, já que esta é a única maneira que os radialistas têm como ver os seus direitos defendidos e se sentirem fortalecidos.

Perseguição foi ampliada

 

O Sindicato afirma que continua “sem qualquer posição da direção do Grupo Lomes (Eldorado e Antares FM) no sentido de solucionar os sérios problemas enfrentados pelos trabalhadores das citadas emissoras”.

Para a direção do Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana, a perseguição se amplia e os radialistas do Grupo são obrigados a trabalhar como escravos, num completo desrespeito ao que determina a Lei do Radialista 6.615/78.

 

To Top
%d blogueiros gostam disto: