Política

CGU – Sorteio deixou prefeitos baianos apreensivos

Nesta segunda-feira (17), a Controladoria-Geral da União (CGU) sorteou 60 municípios brasileiros que serão fiscalizados quanto à aplicação de recursos repassados pela União. Segundo informes chegados de algumas regiões do Estado, vários prefeitos estavam tremendo de medo dos seus municípios serem sorteados.

Em Riachão do Jacuipe, na região sisaleira, e em Itabuna, no sul (que acabou entrando no sorteio), por exemplo, era grande a temeridade. Os prefeitos Lauro Carneiro e Capitão Azevedo temiam as investigações porque sabem do estrago que poderia ser causado pelos fiscais da CGU.

 

Em Riachão, as cinco quadras poliesportivas liberadas com emendas dos deputados federais Bassuma e Fernando de Fabinho ainda não foram totalmente concluídas. E as que foram já estão se danificando em razão da utilização de material de segunda categoria.

 

Da mesma forma, as obras do Matadouro Municipal, conseguido através de uma emenda do então deputado federal Walter Pinheiro, se arrastam sem conclusão. E o pior: o material utilizado é bem inferior ao projetado, o que configuraria total irregularidade perante a CGU.      

 

Os sorteados

 

As cidades baianas sorteadas foram Antônio Gonçalves, Itabuna, Potiraguá, Igrapiúna e Fátima. Em cada uma destas prefeituras, os auditores examinarão contas e documentos e farão inspeção física das obras e serviços em realização.

 

As áreas fiscalizadas são Comércio, Serviços, Agricultura, Cultura, Educação, Saúde e Assistência Social. Já é grande a expectativa para saber o que a CGU vai encontrar da gestão Capitão Azevedo, em Itabuna, no sul do estado.

To Top
%d blogueiros gostam disto: