Cultura

Serrinha – Vaquejada altera planejamento por medo da gripe A

A grande circulação de pessoas que envolve a festa pode provocar a proliferação do vírus.

A prefeitura de Serrinha, município localizado na região sisaleira, a 173 quilômetros de Salvador, que realiza uma tradicional Vaquejada no inicio de setembro, teve de reformular as despesas de divulgação da festa para incluir a logística de prevenção da gripe A.

Para continuar sem registrar nenhum caso da doença no município, a prefeitura elaborou uma série de medidas para evitar a circulação do vírus na festa, que acontece entre os dias 4 e 7 de setembro.

A prefeitura informou que foi firmada uma parceria da secretaria de Saúde do município com a Vigilância Sanitária para capacitar e orientar aqueles que terão contato direto com os visitantes da vaquejada, como funcionários de hotéis, pousadas, motoristas de táxis e do Hospital Municipal.

Também está prevista uma reunião da prefeitura com a comissão organizadora do evento para a definição de estratégias contra a gripe A durante a festa. Entre essas ações está incluída a disponibilização de água e sabão em todos os setores do Parque de Vaquejada Maria do Carmo.

To Top
%d blogueiros gostam disto: