Economia

Vereadores de Alagoinhas contestam IBGE

Os vereadores de Alagoinhas estão contestando os números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), que coloca a cidade como a 11ª do estado em densidade demográfica.

A medida é expressa pela relação entre a população e a superfície do território. O vereador Alfredo Menezes (PTdoB), líder do governo na Câmara, informou que o município já entrou com um recurso contestando os números divulgados. Em 2010, o IBGE faz o censo demográfico oficial, e não estimativo.

Com 137 mil habitantes, Alagoinhas perdeu duas posições no ranking das maiores cidades da Bahia, podendo ser prejudicada com futuros repasses de recursos do governo federal, a exemplo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), como alertou o vereador Radiovaldo Costa (PT). Ele informou também que “esse não é o censo, mas uma estimativa populacional”.

O prefeito Paulo Cezar corrobora com a posição dos vereadores e afirmou que Alagoinhas aumentou a sua população nativa, além de ter se transformado em um pólo de migração, atraindo pessoas dos diversos municípios circunvizinhos e, até mesmo, de cidades mais prósperas como Salvador. “O crescimento da cidade ocorre de forma inequívoca, principalmente pelos diversos empreendimentos que vem ganhando”, assegurou Paulo Cezar.

O vereador Radiovaldo Costa completou: “O município tem uma população flutuante, o que prejudica na contagem final dos moradores, mas os números divulgados estão aquém da realidade”.

To Top
%d blogueiros gostam disto: