Serviços

Diário Eletrônico traz economia para o Judiciário baiano

O Diário da Justiça Eletrônico (DJE), que teve sua primeira publicação no dia 12 de maio, já atinge todas as comarcas em rede no Estado, agregando economia, redução do impacto ambiental, transparência e democratização das publicações.

Com o fim da utilização de papel, tinta e chapas, os gastos foram reduzidos em R$ 2 milhões por ano.

O gerente de Informática e Desenvolvimento Tecnológico do Instituto Pedro Ribeiro de Administração Judiciparia (Ipraj), Afrânio Pedreira Júnior, destacou a forma democrática como as informações são acessadas por advogados, partes e o conjunto da sociedade.

O DJEfoi implantado pelo Ipraj, juntamente com a Comissão de Informática do Tribunal, 22 projetos do Plano de Informatização do Poder Judiciário, estabelecido pelo Decreto 021/2008 da Presidência.

Outro benefício direto do DJE apontado pelo gerente é a possibilidade de os juízes levantarem dados estatísticos sobre a produtividade requeridos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O Tribunal de Justiça da Bahia é pioneiro, entre os tribunais estaduais, na adesão ao sistema de microblogs Twitter, pelo link http://twitter.com/tjbahia. Anteriormente, apenas o STF e o CNJ haviam aderido à novidade no Poder Judiciário.

O Twitter envia instantaneamente para os seus usuários informações de até 140 caracteres, postadas pelos perfis criados por organizações, empresas, artistas e pessoas comuns, que podem incluir links que remetem a páginas e documentos disponíveis na Internet, complementando a informação.

Informações do TJ-BA

To Top
%d blogueiros gostam disto: