Meio Ambiente

Palma será clonada e dará origem a 30 mil novas em Guanambi

Um stand será montado no Parque de Exposições Gercino Coelho, pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi, simbolizando a cidade da Palma.

A Intenção é chamar a atenção para o programa Palma-a-palmo que será implantando em Guanambi pela Prefeitura Municipal em parceria com A FAEB-SENAR, o Sindicato dos Produtores Rurais e com o apoio do Sebrae e do Banco do Nordeste.

No projeto, consta a implantação do “Centerpalma”, no Centro de Desenvolvimento de Guanambi, que é um laboratório de clonagem de palma sem espinho, onde uma raquete dará origem até a 30 mil novas mudas que serão doadas aos produtores de Guanambi.

O Secretário de Agricultura de Guanambi, Joventino Neto, entende que essa será a salvação da região, pois o produtor terá a garantia para o sustento do seu rebanho e, conseqüentemente, para uma maior produção leiteira. Já Washington Serafim, assessor técnico da gerência de programas especiais da FAEB – Federação de Agricultura do Estado da Bahia – profundo conhecedor do assunto, explica que “o produtor, por falta de conhecimento escolhe o pior terreno para plantar a palma, o que gera um produto tardio e de composição pobre”. Ele também enfatiza que “não vamos fazer pesquisas aqui, vamos difundir um projeto que deu certo e possibilitar, ao produtor, acesso às novas tecnologias”.

To Top
%d blogueiros gostam disto: