Esporte

Bom de estréia, baiano Liedson salva Portugal no fim

Apesar do gol aos 40 minutos do segundo tempo, jogo termina empatado e situação de Portugal continua complicada.

Principal novidade da seleção de Portugal para o duelo decisivo da tarde deste sábado, em Copenhaguen, Liedson, baiano nascido em Cairu, sul do estado, foi decisivo em sua estréia. Naturalizado para defender as cores lusitanas, o atacante entrou no segundo tempo e deixou a sua marca no empate por 1 a 1 com a Dinamarca, evitando uma derrota que deixaria sua equipe quase fora da Copa do Mundo de 2010. Mesmo assim, vê o time nacional em situação delicada na competição.

O gol salvador marcado pelo ex-corintiano, aos 40min da etapa final, renova as esperanças dos portugueses de irem à Africa do Sul no ano que vem. Porém, um outro tento anotado nos últimos minutos complicou a situação dos lusitanos em busca de lugar na repescagem. Nos acréscimos, Ibrahimovic marcou e decretou a vitória da Suécia por 2 a 1 sobre a Hungria, levando seu país ao terceiro lugar.

Com o fim de mais uma rodada do Grupo 1 na Europa, a Dinamarca segue absoluta na liderança, com 17 pontos, e cada vez mais próxima da primeira vaga. Já a derrotada Hungria estaciona nos 13 e já é ameaçada pela Suécia, que tem um a menos. Enquanto isso, os portugueses somam dez, precisam vencer seus três últimos compromissos e mesmo assim dependerá de uma combinação de resultados para se classificar.

O Jogo

Mesmo com a torcida contra, Portugal dominou boa parte do jogo no Parken Stadium e criou as primeiras boas chances. Aos 21min, Simão recebeu de Duda e bateu forte, obrigando Andersen a fazer bela defesa. O próprio Duda teve sua chance aos 33min, mas também parou no goleiro. No entanto, o castigo viria aos 42min, em uma rara oportunidade dos donos da casa. Bendtner recebeu cruzamento na área, dominou no peito e bateu forte para abrir o placar.

Desesperado, o técnico Carlos Queiroz apelou para a entrada de Liedson no intervalo, ocupando o lugar do meia Tiago. Em seu primeiro lance, o ex-artilheiro de Corinthians e Flamengo teve a chance de finalizar, mas não pegou em cheio na bola. Mas em outra oportunidade, o brasileiro não desperdiçou e mostrou sua estrela no fim, ao completar de cabeça uma cobrança de escanteio e jogar para as redes.

Já em Budapeste, no outro jogo da rodada, o selecionado escandinavo bateu a Hungria por 2 a 1. Mellberg abriu o placar aos 8min de jogo, mas Huszit, cobrando pênalti, empatou para os anfitriões aos 34min da etapa complementar. No fim, o novo astro do Barcelona, Ibrahimovic, marcou o gol da vitória aos 45min.

Do Portal Terra, com adaptações.

To Top
%d blogueiros gostam disto: