Meio Ambiente

Geddel assina convênio para beneficiar bairro em Alagoinhas

Alagoinhas pode se transformar em um canteiro de obras em 2010. Isso foi ratificado nesta sexta-feira (4), no bairro Silva Jardim, quando o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima assinou com o prefeito Paulo Cezar um convênio para a obra de macrodrenagem.

A obra, que evitará os constantes alagamentos nas residências daquele bairro, está orçada em R$ 2,1 milhões. O convênio foi conseguido depois que o prefeito Paulo Cezar procurou o ministro Geddel Vieira Lima em Brasília, mostrando um esboço de projeto. Geddel considerou a obra viável e solicitou um projeto definitivo, que aconteceu no mês de julho.

Nesta sexta-feira, a festa no bairro do Silva Jardim teve estouro de fogos e uma caminhada por diversas ruas, onde o prefeito, o ministro e outras autoridades foram recepcionados pela população. Paulo Cezar mostrava-se contente, pois cumpria um compromisso de campanha.

O ministro afirmou que “esta obra vai me dar uma satisfação especial, porque o presidente Lula disse para quer todos nós, ministros, governemos para os que mais precisam. De outra forma, ficou feliz em saber que a macrodrenagem vai trazer dignidade para a população que poderá ter de novo suas portas”, disse em alusão às proteções que os moradores construíram para se defender dos alagamentos e as conseqüentes perdas materiais.

O prefeito entregou uma placa ao ministro agradecendo a colaboração. Na cerimônia, além dos moradores, estavam presentes o deputado federal Colbert Martins, o estadual Luciano Simões, o presidente da Câmara, Jorge Gonçalves, vereadores, secretários e prefeitos da região.

Prefeito participa de homenagem em fábrica

Antes da cerimônia no bairro Silva Jardim, onde houve a liberação do convênio para obra de macrodrenagem, o prefeito Paulo esteve com o ministro Geddel Vieira Lima na Fábrica de bebidas Schincariol para a entrega do Certificado de Empreendimento Implantado – CEI – emitido pelo Ministério da Integração Nacional.

O CEI é um atestado emitido pelo Departamento de Gestão dos Fundos de Investimentos, do ministério, que certifica a operação e a regularidade da aplicação de recursos para a construção do empreendimento, em total consonância com os termos do projeto original aprovado pela antiga Sudene.

To Top
%d blogueiros gostam disto: