Educação

Alagoinhas – Uneb apóia terceira idade

Campus II da UNEB inaugura Universidade Aberta à Terceira Idade (Uati) – Programa de extensão inicia com 220 estudantes (acima de 60 anos) e tem mais de 500 na lista de espera.

O programa de extensão Universidade Aberta à Terceira Idade (Uati), da Universidade do Estado da Bahia, foi recém-implantado no município de Alagoinhas – sede do Campus II da UNEB – e já despertou o interesse de quase 750 mulheres e homens acima dos 60 anos.

O início das atividades da Uati aconteceu na última semana, no auditório do Colégio Estadual Luiz Navarro de Brito, na cidade, com a presença de um público de mais de 300 pessoas.

Parabenizando os gestores e a comunidade acadêmica do campus pela iniciativa de levar o programa ao município, o reitor Lourisvaldo Valentim destacou a impressionante adesão da população idosa de Alagoinhas e garantiu não medir esforços para ampliar as atividades da Uati da região.

“Soube que já são 220 matriculados e mais de 500 pessoas na lista de espera. Esses números tornam este programa o segundo maior na UNEB, logo após a Uati do Campus I. Fico muito feliz com essa participação. Sabemos da importância da Uati para oferecer novas perspectivas de vida a essas centenas de mulheres e homens da terceira idade. E vamos ampliar esse programa aqui e nos outros campi”, disse o reitor.

Segundo Antônio Gregório, o município de Alagoinhas concentra uma das populações mais idosas da Bahia, no entanto nunca houve políticas públicas que atendessem essa parcela da sociedade.

“São mais de dois mil aposentados apenas da Petrobras, que são àqueles dos quais temos as estatísticas. Por isso, levamos a proposta da Uati ao reitor, que atendeu prontamente e possibilitou a realização deste importante programa social”, contou o diretor.

Inserção sociocultural

A Universidade Aberta à Terceira Idade da UNEB já beneficia cerca de 1,5 mil idosos na capital baiana e em outros 10 municípios no interior do estado: Alagoinhas, Teixeira de Freitas, Euclides da Cunha, Conceição do Coité, Santo Antonio de Jesus, Irecê, Paulo Afonso, Juazeiro, Guanambi e Bom Jesus da Lapa.

A pró-reitora Adriana Marmori adiantou que a meta da administração da universidade – de ampliar o programa da Uati aos 24 campi da instituição até 2010 – vem sendo alcançada.

“Queremos reascender a vontade de viver e dar novas oportunidades de aprendizado à terceira idade em todas as regiões do estado onde a UNEB está presente, criando uma nova cultura de valorização e interação com esse público”, afirmou Adriana.

Na Uati de Alagoinhas, os idosos vão ter a oportunidade de participar de oficinas de inglês, francês, teatro, artesanato, pintura, além de assistir a aulas sobre nutrição e meio-ambiente, e participar de sessões de ginásticas.

Em Alagoinhas, inicialmente o programa de extensão vai funcionar em um pavilhão de aulas do Colégio Estadual Luiz Navarro de Brito, cedido pela Secretaria estadual da Educação (SEC).

Outro imóvel está em reforma para que possa ser ampliado o número de pessoas atendidas pela Uati. O aluguel do local será pago pela prefeitura do município, parceira da UNEB no programa.

Também prestigiaram a inauguração da Uati representantes do setor público do município, a exemplo da secretária da Educação, Ana Sueli de Pinho, do chefe de Gabinete da Prefeitura de Alagoinhas, João Rabelo – que representou o prefeito Paulo Cesar Simões -, da diretora do Colégio Luiz Navarro de Brito, Ana Costa, e da titular da Diretoria Regional de Educação (Direc 3), Railda Teixeira.

To Top
%d blogueiros gostam disto: