Serviços

Ministério Público lança projeto “Paternidade Responsável” em Feira

Projeto do MP promove práticas que visam o reconhecimento da paternidade, facilitando, inclusive, a realização de exames de DNA.

O Ministério Público estadual realiza hoje (9) a partir das 9h, no município de Feira de Santana (localizado a 109 Km de Salvador), no Centro de Cultura Amélio Amorim, mais uma etapa do projeto “Paternidade Responsável”, que tem como objetivo promover reconhecimentos espontâneos de paternidade, facilitar a realização de exames de DNA e, quando necessário, propor ações de investigação de paternidade.

Mais de mil notificações foram expedidas pelo órgão para mães de crianças e adolescentes que não possuem o nome do pai em suas certidões de nascimento, de acordo com listagem encaminhada ao MP pelos Cartórios de Registro Civil da comarca. Os trabalhos serão conduzidos pelas promotoras de Justiça Ana Friederiecka de Oliveira e Ana Paula Coité de Oliveira, titulares, respectivamente, da 11ª e 15ª Promotorias de Justiça de Feira de Santana.

A segunda etapa do projeto será realizada no dia 23 de setembro, a partir das 9h, também no Centro de Cultura Amélio Amorim. De acordo com as promotoras, o objetivo do projeto não é somente viabilizar a possibilidade de assistência material devida pelos pais aos filhos, mas também fomentar a referência paterna, criando laços afetivos e morais entre eles.

To Top
%d blogueiros gostam disto: