Polícia

Jovem desaparecida em BH é encontrada em Porto Seguro

Tatyane Heloísa Barcelos, 26 anos, foi encontrada sem memória por um casal de pescadores numa praia deserta.

A secretária Tatyane Heloísa Barcelos, 26 anos, desaparecida desde o dia 2 de setembro em Belo Horizonte (MG), foi encontrada em Porto Seguro (BA). Segundo o pai da jovem, o comerciante Jaime Aparecido, Tatyane, quando foi encontrada, estava sem memória e apenas com a roupa do corpo. O pai já embarcaou para ver a filha na Bahia.

Aparecido relatou anteriormente que a filha teria sido vista pela última vez depois de chegar da academia no apartamento em que mora com duas amigas, no bairro Ouro Preto, na região da Pampulha.

“Ela disse para as duas amigas que havia chegado muito cansada, e que iria tomar um banho e dormir porque tinha que trabalhar no dia seguinte. As três ficaram conversando até as 23h mais ou menos. Então a partir daí cada uma entrou no seu quarto, uma delas ouviu o barulho do chuveiro sendo ligado (…) quando as duas acordaram pela manhã ela já não estava mais em casa”, disse o pai de Tatyane na ocasião.

Segundo o comerciante, as amigas da filha não sabem se ela saiu de casa durante a madrugada ou pela manhã do dia seguinte. Ele foi avisado do desaparecimento quando colegas de trabalho de Tatyane ligaram avisando que ela não havia ido trabalhar.

Para conseguir notícias de Tatyane, familiares e amigos haviam espalhado cartazes com fotos dela e telefones de contato em diversos pontos de Belo Horizonte.

O comerciante disse que a filha é separada do ex-marido, com quem viveu um ano e oito meses casada. Contando o tempo de namoro, o relacionamento chegou a oito anos.

“A maioria das pessoas em idade adulta que desaparecem o fazem porque querem, de forma voluntária”, explicou a delegada Cristina Coelli. Os motivos variam entre o descontentamento com familiares, trabalho, parceiros, a problemas financeiros e psicológicos.

A reportagem de um site regional, o“Bahia Dia Dia”, conseguiu falar com Tatyane. “Moro com duas amigas em Belo Horizonte e no dia 3 de setembro fui para a rodoviária com a intenção de viajar para uma praia deserta da Bahia. Peguei um ônibus para Porto Seguro”, contou.

Tatyane desembarcou na cidade no dia seguinte e pegou logo um coletivo com destino a orla norte de Porto Seguro. “As praias estavam muito movimentadas, eu queria ficar numa praia deserta. O ônibus seguiu e quando vi uma praia sem ninguém, desci”.

Horas depois, a turista foi encontrada por um casal desmaiada na praia. “Acordei na casa deles, que ficava perto da praia, com a cabeça confusa, não conseguia me lembrar de nada, nem do meu próprio nome”.

Com informações do Terra e do Bahia Dia Dia.

To Top
%d blogueiros gostam disto: