Política

Sérgio Reis filia-se ao PR e vai sair candidato em Minas Gerais

Um candidato já bem conhecido pelo público vai contar com seu sucesso na música para ganhar uma cadeira no Congresso Nacional por Minas Gerais. O cantor sertanejo Sérgio Reis filiou-se nesta segunda-feira (14) ao Partido da República (PR), em Belo Horizonte.

Aos 69 anos de idade e mais de 50 de carreira, Sérgio Reis tenta mais um objetivo: conquistar um mandato de deputado federal. O cantor, que gravou seu primeiro disco aos 18 anos e já foi ator de novela, nasceu na capital paulista, mas se diz identificado com Minas Gerais.

“Tudo em minha vida começou aqui. Aqui é o estado brasileiro onde mais vendo discos e aqui é onde mais realizo shows. Oitenta por cento do que tenho em minha vida recebi de Minas e dos mineiros”, disse o cantor durante sua filiação, na sede do partido, que fica no bairro Santo Agostinho. A ficha foi abonada pelo presidente estadual da legenda, Clésio Andrade.

Sérgio Reis quer trilhar o caminho de outros expoentes da música brasileira que entraram na política, como o ex-ministro da Cultura Gilberto Gil (PV). Também estão na lista o cantor Agnaldo Timóteo (PR), que é vereador em São Paulo, e o forrozeiro Frank Aguiar, vice-prefeito de São Bernardo do Campo. Sérgio Reis inclusive cantou na posse de Aguiar.

 

Famoso por suas canções “Panela velha” (1983) e “Pinga ni mim” (1987), Sérgio Reis quer justamente atingir um público que se identifica bem com a música sertaneja: os caminhoneiros. Por isso, a reforma das estradas mineiras é uma das propostas do cantor.

A década de 70 foi decisiva para a carreira de Sérgio Reis e também na sua relação mais estreita com Minas Gerais. Foi num show em Tupaciguara, no Triângulo Mineiro, em 1973, que sua versão de “Menino da Porteira” começou a fazer sucesso. O artista decidiu investir no sertanejo e a canção lhe abriu o caminho para o reconhecimento em todo país.

Atualmente a artista mora em São Paulo, mas a proposta é mudar de vez para Belo Horizonte.

To Top
%d blogueiros gostam disto: