Economia

Duas cidades do oeste serão beneficiadas com sistema de água

Sistema de abastecimento de água vai beneficiar 12 mil pessoas nas cidades de Wanderley e Muquém do São Francisco, no oeste baiano.

A Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (Cerb) está executando a primeira etapa da construção do Sistema Integrado de Abastecimento de Água que vai atender as sedes municipais de Wanderley e Muquém do São Francisco, a 740 km da capital, no oeste baiano, beneficiando cerca de 12 mil habitantes. Essa obra faz parte do Programa Água para Todos, que tem como meta principal levar água em quantidade e qualidade para toda a Bahia.

O presidente da Cerb, Cícero Monteiro, acompanhado do topógrafo Luís Pimentel e de outros técnicos, esteve no local para inspecionar as obras. A água de qualidade chegará à população através de uma adutora de 71 quilômetros de extensão. Nessa primeira etapa, serão atendidas, além das sedes municipais, as localidades de Boa Vista do Pixaim, em Muquém do São Francisco, e Lagoa do Tió e Mouras, em Wanderley.

De acordo com o engenheiro Leandro Anunciação, fiscal da obra, uma adutora de água bruta de 870 metros de extensão captará água do Rio São Francisco, por uma estrutura flutuante, e levará até a Estação de Tratamento de Água (ETA), que tem capacidade para tratar 50 litros de água por segundo.

Da Estação de Tratamento de Água (ETA) fazem parte ainda casas de química e de cloração, estações elevatórias e de reaproveitamento e um poço de sucção. A água já tratada é levada por uma adutora às sedes municipais de Muquém do São Francisco e Wanderley, passando por três povoados já os deixando atendidos com água potável.

Distribuição

No total, serão implantados, nesta primeira etapa, 43,8 mil metros de rede de distribuição, sendo quase 30 mil metros na sede de Wanderley, 3,3 mil metros em Muquém do São Francisco e quase 11 mil metros nos povoados.

To Top
%d blogueiros gostam disto: