Polícia

Prefeito de Cafarnaum fica em 1º lugar em concurso feito por ele mesmo

Não é só o prefeito de Riachão do Jacuípe, Lauro Falcão, que usa concurso para aprovar parentes e amigos, precisando da intervenção do Ministério Público para a justiça imperar, ou pelo menos eliminar parte das injustiças. Em Cafarnaum, no centro-norte da Bahia, aconteceu um escândalo parecido com o de Riachão.

O prefeito de Cafarnaum, Ivanilton Oliveira Novais (PSDB), conseguiu um feito inédito: passou em primeiro lugar em um concurso público da prefeitura municipal, aberto em maio deste ano e realizado no mês seguinte, a pedido do próprio gestor.

 

O médico conquistou a única vaga disponível para o seu segmento, cuja remuneração prevista é de R$ 3,5 mil. De acordo com o vereador da cidade, Juvenal Bispo Junior, o Junão (PP), a empresa responsável pela seleção, a IEPDM, tem como advogado um sobrinho do prefeito.

 

Além disso, protesta o parlamentar, 35% dos aprovados seriam parentes do alcaide, entre eles a sua mulher e uma sobrinha, qualificada para o único posto disponível para odontologia. A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público da região de Morro do Chapéu, que ainda não se manifestou a respeito.

 

Como o juiz local também está afastado do cargo, o legislador protocolou a solicitação de apuração nesta quinta-feira (17) na sede do MP-BA, em Salvador.

To Top
%d blogueiros gostam disto: