Polícia

Porto Seguro – Presidente da APLB sofre atentado; amigo morre

Álvaro Henrique Santos, presidente da APLB de Porto Seguro, foi baleado na cabeça e está em estado grave. A vítima fatal acabou sendo seu amigo e professor Elisnei Pereira, de 31 anos.

O presidente do Sindicato dos Professores de Porto Seguro (APLB), Álvaro Henrique Santos, 28 anos, sofreu tentativa de assassinato na noite desta quinta-feira (17). O professor foi baleado por volta das 18h30 e encontra-se internado em estado grave no hospital Luiz Eduardo Magalhães.

O professor Elisnei Pereira, 31 anos, casado, três filhos, que estava em companhia do sindicalista, foi baleado e morreu no local. Segundo informações de populares, foram disparados mais de 15 tiros. O crime ocorreu em um sítio na localidade de Roça do Povo, região do bairro Baianão, onde mora a mãe de Álvaro Henrique. Os dois professores foram vítimas de emboscada.

Segundo a polícia, os bandidos invadiram a casa, mantiveram a mãe e um irmão de Álvaro reféns e exigiram que ela ligasse para o professor, dizendo que seu o filho, criado no sítio, estava doente, passando mal. Os dois foram recebidos a tiros por pelo menos dois homens. Os bandidos fugiram em um Uno preto, quatro portas. A placa não foi identificada.

Álvaro Henrique, que passa por cirurgia para retirada de duas balas na cabeça, foi empossado em 11 de julho deste ano. A APLB SINDICATO-Delegacia Costa do Descobrimento, com sede em Porto Seguro, atende mais quatro cidades: Guaratinga, Itabela, Itagimirim e Santa Cruz Cabrália.

Mais de 300 professores ficaram em frente ao hospital, torcendo pela recuperação do colega e revoltados com a violência. A polícia ainda não tem pistas dos assassinos. O prefeito Gilberto Abade informou que já pediu ajuda à Secretaria de Segurança Pública da Bahia para investigar o caso. Abade concede entrevista de imprensa às 14h desta sexta-feira para falar do assunto.

Notícia do Jornal Radar.

To Top
%d blogueiros gostam disto: