Cultura

Feira – Espaço homenageia cultura potiguar

Um espaço montado no “Aberto 2009: 14 Horas de Arte e Cultura”, evento que comemora os 14 anos do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), está homenageando a cultura do Rio Grande do Norte, com mostra de livros e cordéis.

O idealizador do projeto é o jornalista potiguar Jânio Rêgo, que há 31 anos adotou Feira de

Santana como sua terra e aqui presta serviços na comunicação em Feira de Santana. Jânio Rego disse que o espaço surgiu justamente para homenagear potiguares que vivem na cidade. “Feira de Santana é a São Paulo nordestina que assim como a metrópole atraem milhares de pessoas terra”, disse.

Para o prefeito Tarcízio Pimenta que prestigiou o espaço no início da noite desta sexta-feira (18), o evento tem uma importância muito grande para a cultura do município. O prefeito disse que Feira possui muitos equipamentos, exemplificado o Museu Casa do Sertão, Centro de Cultura Maestro Miro e Centro de Cultura Amélio Amorim – aos quais “é preciso dar vida”.

“Um evento como esse é uma forma de difusão da cultura, pois atraem pessoas a um universo tão grandioso como é a leitura. Nenhum país, estado ou município avança se não desenvolvê-la. Por isso, estou fazendo um projeto para investir recursos municipais para o incentivo da mesma”, disse.

To Top
%d blogueiros gostam disto: