Esporte

Maratonista filho de Riachão do Jacuipe morre em São Paulo

Morreu no Instituto do Coração (INCOR), em São Paulo, na ultima segunda-feira (21), o maratonista Dirceu Menezes dos Santos, 22 anos, onde estava internado desde o inicio de agosto.

O atleta, natural de Riachão do Jacuípe, havia sofrido um ataque cardíaco, foi internado durante todo esse tempo, mas não resistiu. Segundo os familiares, Dirceu foi encontrado caído numa rua e o levaram a um Posto Médico do Santo Antonio, de onde foi transferido para o Hospital do M’Boi Mirim, e no domingo (20) para o INCOR, onde veio a falecer segunda-feira.

Dirceu já tinha participado de varias maratonas, como a de Duque de Caxias em Jacobina, em Tanquinho, e a meia-maratona de Juazeiro. Ele esteve por três anos consecutivos em São Paulo e as últimas corridas no ano de 2008 participando da São Silvestre e da meia-maratona internacional de São Paulo, que teve a extensão de 42 km, quando fez o percurso em 3h33min57seg.

Dona Marineide Menezes dos Santos e Valdemilson Jorge dos Santos, pais de Dirceu, revelaram que ele tinha um sonho e queria participar das corridas mais importantes do planeta e vencer.

Para Dona Marineide, sua maior alegria foi quando viu “o Dirceu correndo a São Silvestre pela TV”, lembrou, enquanto mostrava medalhas, manuais de inscrição e os números usados por ele nas competições. “Ele estava correndo demais e já tinha desmaiado aqui em Riachão, foi medicado e os médicos passaram uma série de exames e ele não fez”, lamentou.

A população Jacuipense, comovida, juntamente com seus parentes e amigos despediu-se na noite da ultima terça-feira daquele que foi considerado o maior atleta do esporte amador na categoria na cidade, embora não tenha conseguido os grandes pódios e o reconhecimento dos poderes antes de sua morte.

Por: Marcos Cícero

To Top
%d blogueiros gostam disto: